25 Sep, 2017 Última atualização em 4:59 PM, Sep 12, 2017

Em abril, Belo Horizonte será a capital das orquídeas

Publicado em Casa & Jardim
Lido 658 vezes
Avalie este item
(0 votos)

64ª Exposição de Orquídeas será realizada no Minascentro, de 26 a 28 de abril, e promete encantar os amantes e colecionadores da planta.

Entre os dias 26 a 28 de abril, Belo Horizonte sediará duas importantes exposições de orquídeas do Estado: a 64ª Exposição Oficial de Orquídeas e a 19ª Exposição Nacional da Cattleya Walkeriana, que acontece no Minascentro (entrada pela Rua Guajajaras, 1022, Centro). O evento, promovido pela Sociedade Orquidófila de BH, é gratuito e aberto ao público.

A abertura solene da exposição acontecerá no dia 26 de abril, apenas para convidados. No sábado, dia 27, a exposição estará aberta à visitação pública a partir de 9 horas e, no domingo, no horário de 9 às 18 horas.

Orqudea-crditoLeonardoValeDurante o evento, o público poderá apreciar a beleza rara dessa planta e conhecer seus diferentes gêneros e espécies, perfumes, cores e formatos. Além disso, poderá saber mais sobre o seu cultivo e preservação, dentro da programação de palestras.

Os visitantes que quiser aproveitar a beleza das flores e levar uma para casa, poderão comprar tipos diferentes de orquídeas produzidas em laboratórios, o que oferece maior segurança ao consumidor de que estão livres de pragas e doenças (insetos e fungos).  

De acordo com o presidente da Sociedade Orquidófila de Belo Horizonte, Euro Magalhães, o objetivo principal da exposição, que acontece desde 1949 na Capital, é incentivar e conscientizar à população sobre o cultivo e a preservação da planta. Segundo ele, haverá a participação de orquidófilos de Minas Gerais e de várias partes do Brasil, além de representantes do Japão e América do Sul.

Ainda na programação haverá um concurso entre os orquidófilos participantes, que concorrerão a prêmios e troféus. Os juízes farão dois tipos de avaliações. Um deles é voltado apenas à Cattleya Walkeriana Gardner, em que serão avaliadas espécies como Lilás (típica e rubra); Alba e albescens; Coerulea e coerulescens; Semi-alba, pérola, suave e suavíssima e outras variedades (vinicolor, flâmea, concolor, rosada etc.).

Na ocasião, outras espécies de orquídeas também serão julgadas, entre elas: as espécies brasileiras, as espécies estrangeiras e as híbridas. Também haverá julgamento das micro-orquídeas.

Última modificação em Segunda, 01 Abril 2013 14:27
Jornal Belvedere

Artigos assinados são de inteira responsabilidade do autor. Não expressando, portanto, a opinião da redação do Jornal Belvedere.

Mais nesta categoria: Carta aberta à minha mãe »

Folhear Última Edição

267

 

Anuncie Aqui2016 05