24 May, 2017 Última atualização em 2:06 PM, May 11, 2017

“Novembro Azul” quer a sensibilização para a saúde do homem

Publicado em Cidadania
Lido 184 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Ações dentro da Campanha “Novembro Azul” incentivam a prática de hábitos saudáveis e chama atenção para câncer de próstata.

Depois do “Outubro Rosa”, agora é a vez do “Novembro Azul”. Durante este mês de novembro a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) e dezenas de instituições de saúde, como a Sociedade Brasileira de Urologia e o Instituto Lado a Lado pela Vida, promovem a Campanha de Promoção à Saúde do Homem, o “Novembro Azul”. Para conscientizar a população da importância dos exames anuais a partir dos 50 anos, a Sociedade Brasileira de Urologia e o Instituto Lado a Lado pela Vida realizam a campanha que tem foco na conscientização do câncer de próstata no Brasil.
A campanha da Secretaria de Estado de Saúde de Minas traz o tema “Saúde é Atitude” e tem o objetivo de sensibilizar a população para a importância do cuidado integral com a saúde masculina, incluindo a prevenção do câncer de próstata, câncer de testículo e de pênis. Além disso, a campanha também promoverá ações de mobilização para a segurança no trânsito.

“Em geral, homens apresentam maior exposição às situações de risco para a saúde, como consumo de álcool, cigarro e má alimentação. Por isso, o objetivo da campanha é trabalhar as boas práticas de saúde de uma forma completa, incentivando a atividade física e controle do peso”, explica a superintendente de Atenção Primária à Saúde da SES-MG, Maria Aparecida Turci.

A Campanha de Promoção à Saúde do Homem, assim como foi no “Outubro Rosa”, tem como foco o cuidado integral com a saúde, incluindo o incentivo de hábitos de vida mais saudáveis. Para isso, serão realizadas diversas ações para sensibilizar a população masculina a cuidar da saúde.

Fatores de atenção

O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Mais do que qualquer outro tipo, é considerado um câncer da terceira idade, já que cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos.

Em sua fase inicial, o câncer de próstata tem evolução silenciosa e pode não apresentar sintomas. No entanto, é importante ficar atento para sinais como urinar com frequência e pouco de cada vez, dificuldade, dor ou ardor ao urinar e presença de sangue ou sêmen na urina.

Já o câncer de pênis é considerado um tumor raro, com maior incidência em homens a partir dos 50 anos, embora possa atingir também os mais jovens. Esse tipo de câncer está relacionado à má higiene e a homens que não se submeteram à circuncisão (remoção da pele que reveste a glande).
O câncer de testículo, apesar de raro, tem maior incidência em homens entre 15 e 50 anos. Se detectado no início, é facilmente curado e com baixo índice de mortalidade.

Jornal Belvedere

Artigos assinados são de inteira responsabilidade do autor. Não expressando, portanto, a opinião da redação do Jornal Belvedere.

Mais nesta categoria: Solidariedade em Barra Longa »

Folhear Última Edição

258

 

Anuncie Aqui2016 05