23 May, 2017 Última atualização em 2:06 PM, May 11, 2017
Publicado em Moda
Lido 125 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Tagged sob

Nova coleção outono inverno da joalheria mineira Manoel Bernardes busca reunir elementos da origem ao cosmos, traduzindo a essência da natureza e das artes.

A Manoel Bernardes apresentou sua nova coleção outono-inverno. Para esta coleção a joalheria desenvolveu peças a partir do tema: Além das fronteiras - da origem ao cosmos. Reunindo itens da cultura brasileira, da natureza e dos infinitos elementos que compõe o universo, a coleção aborda o tema com sofisticação e elegância, transformando uma concepção simples em algo diferenciado e atemporal.

“Nós chamamos a coleção de Além das Fronteiras porque percebemos que, atualmente, as pessoas não desejam estar em um lugar comum, querem se diferenciar uns dos outros. Portanto escolhemos algumas fronteiras ainda pouco exploradas pelo homem para desenvolver esta coleção,” comenta Manoel Bernardes, presidente da joalheria.

Quatro tendências foram minuciosamente escolhidas e exploradas pela Manoel Bernardes. A primeira delas, denominada Origem, busca resgatar algo que veio antes mesmo de qualquer etnia, crença ou cultura, algo mais primitivo. Os elementos utilizados como inspiração foram a argila e o barro, como algo dos primórdios. Para o desenvolvimento das peças a joalheria buscou a arte de Domingos Tótora, mineiro de Maria da Fé. Esta linha é constituída basicamente de ouro em diferentes texturas e diamantes.

Em seguida temos a linha intitulada Mar. A questão central é a fluidez, tanto da própria água, quanto de criaturas elementares, ajudando a entender esta fronteira ainda desconhecida. Esta linha utiliza estruturas onduladas e também o efeito de diferentes tons de gemas para compor a percepção de movimento. “Temos a sensação de que as relações atualmente são mais fluidas, tem uma certa impermanência e tentamos retratar essa ideia nesta linha”, comenta Manoel.

E na intenção de combinar diferentes culturas, nasce a linha Transcultural, onde várias possibilidade puderam ser exploradas através da combinação de diferentes culturas. Foram exploradas a cultura celta, o vintage, a cultura indiana, o art déco, entre outras. Em sua busca de novos caminhos, o homem utiliza símbolos e elementos que perpassam diferentes culturas, combinando energias primordiais, que se tornam quase universais. Como seria esperado em inspirações multiculturais, a linha reúne fontes diversas, e, portanto, ouro, brilhantes e pedras brasileiras. “O desafio desta linha foi como conectar culturas e reinterpretá-las”, pontua o presidente.

Em busca da compreensão dos mistérios e fronteiras a serem desvendados, o Universo surge como fonte de pesquisa. Nesta tendência, concentra-se o uso pérolas, junto ao ouro e as gemas. A Manoel Bernardes faz uma aposta consistente na tendência preto e branco, para conferir uma percepção contemporânea.

Jornal Belvedere

Artigos assinados são de inteira responsabilidade do autor. Não expressando, portanto, a opinião da redação do Jornal Belvedere.

Folhear Última Edição

258

 

Anuncie Aqui2016 05