24 Aug, 2017 Última atualização em 4:31 PM, Aug 11, 2017

Junho Vermelho: o que você precisa saber para doar sangue

Publicado em Saúde & Bem-estar
Lido 316 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Tagged sob

A campanha visa alertar para a importância de manter os estoques de sangue abastecidos nos meses de frio.

Durante o inverno, é comum que os bancos de sangue do País fiquem desfalcados, já que essa é a temporada de doenças respiratórias e também quando as pessoas menos saem de casa. Por isso, foi criada, em 2014, a campanha Junho Vermelho, cuja proposta é alertar para a importância de fazer a doação mesmo nessa época do ano.

A campanha foi lançada no último dia 1 de junho, com a iluminação de vermelho de monumentos e edifícios importantes de várias cidades. Há três anos, as autoridades de saúde definiram pelo Junho Vermelho, para lembrar a população da importância da doação de sangue. A escolha não foi por acaso, já que em 14 de junho celebra-se o Dia Mundial do Doador de Sangue – data estabelecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2004.

Neste período do ano, o país experimenta a queda das temperaturas e, em seguida, as férias, que provocam uma baixa de comparecimento de doadores: os estoques de sangue caem, em média, 30%.

“Esses fatores vêm junto ao aumento de pessoas resfriadas e à época do ano em que a vacinação contra a gripe é disponibilizada pelo governo. Todo o conjunto favorece a redução do nosso banco”, destaca a responsável pelo setor de captação do Hemocentro de Belo Horizonte (Fundação Hemominas), Hellen Heloiza Dupim.

Dados fornecidos pela Fundação Hemominas mostram que os estoques estratégicos – calculados pela amostragem das demandas anteriores – ainda estão positivos em 16%. No entanto, os tipos com fator RH negativo, que são os mais raros, estão em baixa. De forma significativa, o tipo O negativo, doador universal, com 30% menos em estoque. Já o AB negativo está 2% abaixo do esperado. Em geral, os negativos registram queda de 23% no Hemocentro de Belo Horizonte. Precisamos de doações todos os dias”.

Jornal Belvedere

Artigos assinados são de inteira responsabilidade do autor. Não expressando, portanto, a opinião da redação do Jornal Belvedere.

Folhear Última Edição

265

 

Anuncie Aqui2016 05