23 Nov, 2017 Última atualização em 1:26 PM, Nov 13, 2017

Empreendimento Navegantes inaugura o conceito de qualidade de vida proposto pela CSul

NAVEGANTES | O Complexo Misto será construído na Lagoa dos Ingleses e vai contemplar a construção de quatro lojas ancoras NAVEGANTES | O Complexo Misto será construído na Lagoa dos Ingleses e vai contemplar a construção de quatro lojas ancoras
Publicado em Empreendimento
Lido 1196 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Tagged sob

Complexo misto da EPO em Nova Lima já está sendo construído na área do maior projeto de centralidade urbana do País, a CSul Desenvolvimento Urbano e vai contar com diversas lojas, sendo quatro âncoras, além de escritórios e apartamentos; investimento previsto é de R$ 80 milhões com a geração de mais de 200 empregos nas duas fases da construção

A região da Lagoa dos Ingleses ganhará mais um importante empreendimento que trará comodidade e conforto para quem mora e trabalha em Nova Lima, Itabirito e nas demais regiões do Vetor Sul da Região Metropolitana de Belo Horizonte. É o Complexo misto da EPO, que já está sendo construído no Alphaville Lagoa dos Ingleses, próximo ao entroncamento com a BR-040, na área do maior projeto de centralidade urbana do País, a CSul Desenvolvimento Urbano. Chamado Navegantes, o empreendimento já iniciou sua implantação no mês de junho. Nessa primeira fase, de acordo com o engenheiro civil, Guilherme Santos, está sendo realizada a terraplanagem da área que vai abrigar o centro comercial, que vai contemplar a construção de quatro lojas ancoras, sendo o Supermercado Super Nosso, 3 salas de cinema do CineArt, a Drogaria Araújo e uma provável operação de alimentação, que já está sendo definida.

Além disso, ainda na primeira fase, que deverá ser concluída em 24 meses, está prevista a construção de outras 20 lojas que oferecerão comércio, serviços e entretenimento, divididos em um único andar, com estacionamento para aproximadamente 200 veículos. Tudo isso distribuído em uma área construída de 7.700 mil metros quadrados. O investimento previsto para o complexo é de R$ 80 milhões e durante a primeira fase do projeto estão sendo gerados 200 empregos na construção. Já para a operação do local a estimativa é que outros 250 postos de trabalhos sejam criados.

Para a segunda fase do empreendimento, está prevista a construção de um prédio comercial de três pavimentos e 50 com escritórios e outro edifício residencial dividido em quatro andares. Ambas as edificações contarão com estacionamento separado do open mall. O empreendimento é projetado como “mixed use”, ou seja, com diversidade de uso em um mesmo empreendimento (moradia, trabalho, serviços e lazer).

O Presidente da CSul Desenvolvimento Urbano, Maury Bastos, avalia positivamente o empreendimento. “É um grande passo tanto para a diversificação da economia local quanto para a melhora da qualidade de vida de quem mora na região, já que com a vinda dessas empresas, a população local passará a ter mais opções de estabelecimentos voltados para produtos de primeira necessidade e opções de lazer e entretenimento, reduzindo a necessidade de deslocamento para o centro da capital ou localidades como o Jardim Canadá. É um projeto importante para a EPO e para a CSul, que consegue todas essas comodidades em um local em franco desenvolvimento”, avalia.

Jornal Belvedere

Artigos assinados são de inteira responsabilidade do autor. Não expressando, portanto, a opinião da redação do Jornal Belvedere.

Folhear Última Edição

271

 

Anuncie Aqui2016 05