23 Nov, 2017 Última atualização em 1:26 PM, Nov 13, 2017

Via Stael Bicalho: no limbo entre BH e Nova Lima

Publicado em Infraestrutura
Lido 318 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Tagged sob

Por  Deputado Fred Costa

A Via Stael Bicalho, que passa atrás do BH Shopping, em sentido à Faculdade Milton Campos, está no limiar entre as administrações municipais de Belo Horizonte e Nova Lima.

Então, por muito tempo se instaurou uma situação de limbo, onde as prefeituras das duas cidades atribuíam uma à outra a responsabilidade por realizar as melhorias necessárias ao longo de um trecho de aproximadamente 800 metros. Nessa história de omissão das gestões anteriores, os maiores prejudicados foram o morador e o trabalhador da região, que diariamente transitam pelo local.

Quando o poder público se omitiu, buscamos o apoio dos empresários da região, que responderam positivamente! Em 2013, mediamos o acordo entre a Associação dos Empreendedores dos Bairros Vila da Serra e Vale do Sereno com o Ministério Público, e conseguimos a construção da trincheira de acesso direto de quem vem da MG-030 para a BR-040. Tudo isso custeado totalmente pela iniciativa privada, sem um centavo sequer dos cofres públicos.

Até o final do ano passado, entretanto, ainda não havia iluminação pública instalada no trecho. Um completo absurdo, já que se trata de uma área urbana tão movimentada. Batalhamos muito! Foram anos a fio que cobramos incansavelmente das anteriores administrações dos referidos poderes executivos, até que, em audiência pública que realizamos na Assembleia Legislativa, apresentamos um parecer do Ministério Público que comprovou a responsabilidade da capital. Desta forma, a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) se viu obrigada a atender a uma de nossas várias demandas, instalando os postes de iluminação.

Entretanto, há ainda um problema ainda mais crítico que ainda não foi sanado. Simplesmente não existe calçada no trecho que vai da parada de ônibus até o pontilhão da linha férrea. Sendo assim, centenas de funcionários do comércio local precisam caminhar na beirada do asfalto para irem do trabalho até as suas conduções. Considero que esta seja uma omissão absolutamente irresponsável das antigas administrações da PBH, pois estamos tratando de vidas humanas que são colocadas em risco.

No início de outubro, levamos essa situação à Secretaria de Administração Municipal Centro-Sul de Belo Horizonte. Além da construção das calçadas, também solicitamos de forma mais emergencial a retirada de entulhos no entorno da via, para que pelo menos os pedestres possam passar pelos canteiros laterais. Esperamos que a atual gestão do executivo municipal possa acertar onde as anteriores falharam, respondendo com celeridade a essas demandas vitais para a segurança da população. Principalmente, porque a dúvida de competência com Nova Lima já foi completamente afastada.

Vice-presidente da Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa de Minas Gerais

Jornal Belvedere

Artigos assinados são de inteira responsabilidade do autor. Não expressando, portanto, a opinião da redação do Jornal Belvedere.

Folhear Última Edição

271

 

Anuncie Aqui2016 05