25 Sep, 2017 Última atualização em 4:59 PM, Sep 12, 2017

Incêndio consome árvores da encosta do Ramal Ferroviário

ALERTA | O fogo logo se alastrou rapidamente devido ao mato seco e árvores, assustando moradores e motoristas que deixaram os seus veículos estacionados na Rua Rodrigo Otávio Coutinho ALERTA | O fogo logo se alastrou rapidamente devido ao mato seco e árvores, assustando moradores e motoristas que deixaram os seus veículos estacionados na Rua Rodrigo Otávio Coutinho
Publicado em Meio Ambiente
Lido 472 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Fogo em terreno que faz limite entre o Ramal desativado da Rede Ferroviária e a Rua Rodrigo Otávio Coutinho deixa moradores em alerta. Associação de Amigos do Bairro Belvedere (AABB) quer o replantio das dezenas de árvores perdidas.

A Associação de Amigos do Bairro Belvedere (AABB) está reivindicando junto aos órgãos públicos municipais e estaduais a doação de mudas da espécie pinus elliotti, para promover o replantio das dezenas de árvores perdidas durante um incêndio na tarde do último dia 28 de junho, na encosta do terreno que faz limite entre o Ramal desativado da Rede Ferroviária e a Rua Rodrigo Otávio Coutinho.

Segundo informou o presidente da AABB, em razão do caixa atual da entidade fica completamente impossível a realização desse replantio. “Nossa esperança é que a prefeitura se sensibilize com esse acontecido e ofereça as mudas. Ou que algum empresário ou morador o faça no intuito de promover a reposição vegetal daquela região”, conclamou Ubirajara. Ainda segundo ele, a Associação enviou uma pessoa contratada ao local para fazer serviços de roçada e aceiros, com o objetivo de impedir novos episódios como esse. No local, a AABB havia plantado cerca de 1 mil mudas de pinus, doada há muito tempo por um morador da região. O incêndio na encosta da Rua Rodrigo Otávio Coutinho deixou os moradores do Belvedere em estado de alerta. O incêndio que começou no início da tarde tomou conta de uma grande área e mobilizou vários bombeiros para combater as chamas.

O fogo se alastrou rapidamente, por uma área de mais 500 metros, devido ao mato seco e árvores, assustando moradores e, principalmente, os motoristas que deixaram os seus veículos estacionados na Rua Rodrigo Otávio Coutinho.

A viatura do Corpo de Bombeiros que esteve no local teve muito trabalho para conter as chamas e chegou a permanecer na região o local até o início da noite para debelar qualquer foco, evitando assim, que o fogo reiniciasse.

Os bombeiros não informaram a causa do incêndio, que começou por volta de 15 horas, mas moradores e motoristas que deixaram os seus carros estacionados no local chegaram a afirmar que o fogo foi provocado por três rapazes que são vistos constantemente entre as árvores da encosta fazendo uso de drogas. “Da janela de minha sala foi possível ver os três rapazes descendo a encosta correndo. E logo começaram as chamas. Sempre vejo estes rapazes sentados na sombra de árvores, fazendo uso de drogas. Acredito que deixaram alguma faísca cair no capim seco dando origem ao fogo. Esta região da Rua Rodrigo Otávio Coutinho necessita de um policiamento mais constante”, declarou um empresário que tem o seu escritório no número 50 da Rua Jorge Fontana.

 

Jornal Belvedere

Artigos assinados são de inteira responsabilidade do autor. Não expressando, portanto, a opinião da redação do Jornal Belvedere.

Folhear Última Edição

267

 

Anuncie Aqui2016 05