18 Oct, 2017 Última atualização em 6:38 PM, Oct 9, 2017

Moradores se reúnem com o prefeito Vitor Penido por melhorias na BR-040

Segurança na br-040  | Moradores solicitam ajuda da Prefeitura de Nova Lima para melhorias na rodovia Segurança na br-040 | Moradores solicitam ajuda da Prefeitura de Nova Lima para melhorias na rodovia
Publicado em Trânsito
Lido 111 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Tagged sob

Lideranças dos condomínios no entorno da rodovia têm encontro com o prefeito de Nova Lima, promovido pelo deputado Fred Costa, em busca de soluções para melhoria do tráfego e redução dos índices de acidentes.

Cansados de esperar por uma solução para pôr fim aos riscos iminentes em razão da má visualização da estrada no trecho entre Água Limpa e o Mutuca, principalmente, em períodos chuvosos com incidência de neblina, o deputado Fred Costa (PEN) e lideranças dos moradores de condomínios lotados no entorno da BR-040 e do bairro Água Limpa, se reuniram com o prefeito Vítor Penido (DEM) e o secretário da Regional Oeste, Robert Laviola para tratar da questão da iluminação da via. Em novembro, as lideranças dos moradores dos bairros e condomínios no entorno da BR-040 já haviam procurado o deputado na Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais  (ALMG) para solicitar apoio para solucionar os problemas vivenciados diariamente na rodovia, que a cada dia registra um número maior de acidentes, inclusive fatais.

Na ocasião, o deputado lembrou das dificuldades financeiras enfrentadas pela prefeitura para cumprir seus compromissos, e solicitou uma intervenção urgente por parte do executivo municipal em defesa da vida de milhares de moradores que transpõem o trecho diariamente para ir ao trabalho, às escolas e suas obrigações cotidianas. Segundo relatou o parlamentar, não houve melhoria nem manutenção do serviço por parte da concessionaria Via 040 e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) já pronunciou que a empresa licenciada não é responsável pela iluminação e que este seria um legado do próprio município de Nova Lima.

O prefeito de Nova Lima, Vitor Penido, reiterou, na ocasião, que seu gabinete está aberto para discutir os problemas de cada região e condomínio, e que no momento a prefeitura está se empenhando ao máximo para cortar custos desnecessários, inclusive pelo cancelamento do contrato de prestação de serviços de uma empresa responsável pela manutenção de iluminação pública da cidade.

Déficit na taxa de iluminação

Penido informou que já solicitou um levantamento para saber o custo das lâmpadas a serem instaladas e outros reparos, na tentativa de resolver o problema. Mas, que a cidade está falida, sem condições de cumprir até mesmo com seus compromissos contratados. “Sabemos que há um déficit na taxa de iluminação pública e a gestão anterior chegou a aumentar algumas concessões, o que nos preocupa muito, pois nossa obrigação é resolver esse problema,” afirmou Vitor Penido.

Wesley de Jesus, vereador eleito e atual chefe de gabinete de Vítor Penido, também presente à reunião, disse que esse levantamento está sendo realizado em todos os setores da prefeitura. E que no caso da iluminação, já foram constatadas algumas irregularidades também. “Quando assumimos o governo esse contrato estava ativo e constatamos que a empresa não possuía mais materiais em estoque para reposição e assim cumprir com os serviços plenamente. Além disso, o valor pago é incoerente com o serviço. Estamos revendo esse contrato”, explicou Wesley de Jesus.

Diante dessas ponderações, a advogada Sibele Barony, moradora de um residencial no Alphaville, sugeriu que fosse criado um grupo para discutir com cada síndico de condomínio a possibilidade de uma cotização entre todos os moradores para cobrir os custos dessa iluminação na BR-040.
“Primeiro, precisamos saber quanto custa esse serviço e se os condomínios aceitariam participar. Pois, não podemos esperar um acidente grave acontecer na via para uma solução ser obtida”, salientou a advogada.

Segundo Sibele Barony, de posse de um orçamento seria possível saber se através da colaboração de todos os residenciais a iluminação se tornaria uma realidade, sem onerar muito para cada morador e resolvendo de vez o problema, em razão do momento difícil vivido pelo município.
Ela informou que os representantes do grupo irão procurar os síndicos na tentativa de viabilizar o serviço.

Jornal Belvedere

Artigos assinados são de inteira responsabilidade do autor. Não expressando, portanto, a opinião da redação do Jornal Belvedere.

Folhear Última Edição

269

 

Anuncie Aqui2016 05