21 Aug, 2017 Última atualização em 4:31 PM, Aug 11, 2017

SLU promete melhorar varrição de ruas no Belvedere

Publicado em Urbanismo
Lido 1868 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Tagged sob

Diante de reclamações de acúmulo de lixo nas vias, Associação dos Amigos do Bairro Belvedere (AABB) solicita ações mais efetivas da SLU.

No intuito de preservar o bem-estar dos moradores, a Associação dos Amigos do Bairro Belvedere (AABB) enviou uma correspondência à Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) solicitando mais cuidado e atenção do órgão em relação à limpeza do bairro, notadamente, com a frequência de varrição de ruas e recolhimento de lixo. Em alguns pontos, o acúmulo de sujeira de folhas, papéis e outros tipos de lixo impactavam as ruas do Belvedere, deixando incomodados não só os diretores da Associação, mas também muitos moradores.

A solicitação foi recebida pelo superintendente Custódio Antônio de Mattos, que enviou um ofício ao presidente da AABB, Ubirajara Pires, informando que “a SLU está realizando adaptações operacionais e tomando todas as providências que diminuam custos, mas que mantenham a abrangência e a qualidade dos serviços prestados”.  De acordo com o superintendente, nenhuma medida a ser tomada “suspenderá as coletas de resíduos e varrição das vias do bairro ou qualquer serviço essencial de limpeza na capital.”

Com relação especificamente à frequência de varrições nas ruas e avenidas do Belvedere, o superintendente da SLU informou que ela varia conforme as características de ocupação dos logradouros, a intensidade de trânsito, o tipo de arborização e o fluxo de pedestres. E que a “SLU conta com a participação da população para que continue colaborando com a manutenção da limpeza nas ruas do bairro”.

Reclamações

O JORNAL BELVEDERE recebeu várias reclamações nesse sentido, de moradores incomodados com a frequência nas varrições de rua. Um deles foi Vinícius Almeida, morador da rua João Antônio Azeredo, que chegou a separar inicialmente o lixo verde trazido pelo vento até à porta de sua residência. Dias depois, durante sua caminhada diária, ele percebeu que além do lixo vários tipos de materiais estavam espalhados em outras ruas e pontos do bairro.

“Cheguei a identificar o mesmo lixo deixado em locais diferentes por vários dias. E, quando retornava para o almoço em casa com minha família avistei um gari realizando a varrição. Ao abordá-lo questionei o que estava acontecendo e o porquê de as ruas do Belvedere estavam tão sujas. Ele me informou que a Prefeitura de Belo Horizonte está reduzindo o quadro de funcionários para esse tipo de serviço nas vias para diminuir o seu custo. Por diversas vezes cheguei a ligar tanto na Superintendência de Limpeza Urbana, quanto na própria prefeitura, através do BH Resolve, e fui informado a situação seria normalizada”, comentou o morador.

Última modificação em Segunda, 29 Agosto 2016 11:19
Jornal Belvedere

Artigos assinados são de inteira responsabilidade do autor. Não expressando, portanto, a opinião da redação do Jornal Belvedere.

Folhear Última Edição

265

 

Anuncie Aqui2016 05