21 Aug, 2017 Última atualização em 4:31 PM, Aug 11, 2017

Praça da Criança ganhou reforma, mas depredação continua

LUTA DIÁRIA | A retirada de ambulantes foi uma das medidas tomadas pela AMBB junto à Regional Centro-Sul LUTA DIÁRIA | A retirada de ambulantes foi uma das medidas tomadas pela AMBB junto à Regional Centro-Sul
Publicado em Urbanismo
Lido 1217 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Tagged sob

A Praça da Criança Ney Werneck vem recebendo atenção especial por parte da diretoria da Associação de Moradores do Bairro Belvedere (AMBB).

Várias ações têm sido desenvolvidas no sentido de humanizar o espaço urbano como a reforma de canteiros, obras, revitalização, aquisição de brinquedos, pinturas e manutenção em geral.

Há alguns anos, a entidade celebrou um convênio com a Fundação Torino visando à revitalização do espaço, para oferecer um local de lazer às crianças e todos os moradores do bairro. Através do acordo, a Fundação recuperou e substituiu os brinquedos e equipamentos da praça, e em seguida restabeleceu a irrigação no local.

Recentemente, a AMBB, no intuito de proteger os brinquedos e garantir o lazer dos baixinhos, instalou no local uma tela de aço verde, mas a tentativa não afugentou a depredação. Segundo informou Júlio César, um zelador recém contratado pela Associação, a ação de alguns jovens visitantes ao bairro está trazendo incômodos para aquele espaço. “Eles chegam de carro e vêm de outras regiões, e logo que estacionam os veículos costumam entrar na praça fazendo arruaças”. Ainda segundo o zelador, recentemente, duas torneiras foram danificadas e houve vazamento de água por uma grande parte da praça, além de outros equipamentos estragados.

O cuidado da Associação de Moradores com a Praça da Criança é uma luta diária. Há cerca de pouco mais de um ano, uma medida tomada pela entidade junto à Regional Centro-Sul conseguiu a retirada dos ambulantes que se instalavam aos sábados na praça. Agora, os moradores querem contar com o apoio da Guarda Municipal para a segurança desse importante equipamento público.

Jornal Belvedere

Artigos assinados são de inteira responsabilidade do autor. Não expressando, portanto, a opinião da redação do Jornal Belvedere.

Folhear Última Edição

265

 

Anuncie Aqui2016 05