Na Atmosphera da inovação e do empreendedorismo

Publicado Quarta, 28 Novembro 2018 12:36
Atmosfera: Edifício abriga várias empresas, principalmente, na área de inovação  Atmosfera: Edifício abriga várias empresas, principalmente, na área de inovação

Empresa instalada no Vila da Serra criou um ambiente onde se concentram marcas com visão estratégica e empreendedores comprometidos em construir o futuro.

Cravado no coração do novo Distrito de Inovação e Negócios Digitais de Nova Lima, em dois prédios no Vale do Sereno, o Atmosphera tem como objetivo principal criar um ambiente capaz de reunir marcas com visão estratégica de inovação e empreendedores comprometidos em construir o futuro. Com mais de 15.000 m2 de área com infraestrutura completa para desenvolvimento de soluções, tecnologias e produtos, ele promove a interação entre empresas e talentos por ela impulsionados por meio de workshops, hackatons, labs, treinamentos, mentorias, consultorias e palestras.

O empresário e advogado Leopoldo Mattos de Paiva, um dos sócios do Atmosphera, disse que, atualmente, a empresa posiciona-se como o maior centro de inovação privado de Minas Gerais. “Estamos com 70% dos nossos 16 andares ocupados e com a perspectiva de chegarmos a 100% de ocupação ainda no primeiro semestre de 2019”. O Atmosphera abriga empresas como a Arcelor MIttal (com o seu Aço Lab - Laboratório de inovações na indústria do Aço), BS2 (Fintech Lab), Conta Mobi (Fintech de meios de pagamento), Volvore (Fintech da área de seguros), JChebly (grupo de comunicação), New360 (grupo de comunicação), Hybrid (Consultoria em inovação), Mocca (café e restaurante) e Buddys (escola de programaçao para crianças e adolescentes).

Leopoldo de Paiva, que é investidor e mora em Nova Lima há 18 anos, explica que o Atmosphera é um ecossistema privado de inovação de empreendedorismo, que recebe empreendedores com projetos pós-acelerados ou que já possuem participação de fundos em sua estrutura e promove a capacitação deles por meio do contato com marcas, investidores, stakeholders (a expressão em inglês significa público estratégico e descreve uma pessoa ou grupo que tem interesse em uma empresa, negócio ou indústria, podendo ou não ter feito um investimento neles) e mentores.  

O advogado disse que a escolha de Belo Horizonte e seu entorno para a instalação do Atmosphera se deveu à vocação natural da região para ser um polo de tecnologia. Desde 2005, quando a Google implantou em BH o seu centro de engenharia, a capital mineira e seu entorno passaram a abrigar um grande número de startups.
Atualmente, Minas Gerais ocupa o segundo lugar nacional em número de startups, sendo que 87% delas estão localizadas na região Metropolitana de Belo Horizonte. Destas, 77% estão em estágio avançado, já com faturamento e clientes. Entre os projetos em evidência no Atmosphera, Leopoldo Mattos destaca que “estamos em fase de finalização de um coworking premium, que será inaugurado em fevereiro de 2019. Paralelamente, estamos realizando eventos frequentes voltados a temas de inovação e disrupção, dentro do projeto Atmosphera Minds”.

Startups e ecossistemas

No geral, as startups são definidas como empresas em fase inicial, que desenvolvem produtos ou serviços inovadores, com potencial de rápido crescimento, envolvendo uma base tecnológica, sendo que o modelo de negócio pode ser facilmente replicado, sem aumento proporcional dos custos.

Com relação aos ecossistemas de inovação, eles são representados pelos ambientes nos quais tais empresas estão inseridas, formando uma cadeia que reúne aceleradoras, entidades de apoio, incubadoras, universidades, grupos organizados de investidores, movimentos locais e startups – todos que contribuem direta e indiretamente para o desenvolvimento das empresas (definição retirada da revista “Pequenas Empresas & Grandes Negócios”).

Um jornal moderno, com a credibilidade e a leveza no jeito diferente de informar. Notícias, cultura, gastronomia, negócios, eventos e muito mais sobre um dos bairros mais charmosos de BH.

31 3264.0211 | 3286.1181

Edição Digital

Inscreva-se e receba o Jornal Belvedere em formato PDF.

Não mandaremos Spam!