Câmara Técnica da SEMAD aprova Licença Prévia e reafirma viabilidade técnica e ambiental do empreendimento

Publicado Quarta, 28 Novembro 2018 12:48

A aprovação, no dia 26 de setembro, da Licença Prévia (LP) para o projeto da Centralidade Sul, idealizado pela CSul Desenvolvimento Urbano, é um marco no processo de planejamento urbano  brasileiro e inaugura um ambiente propício para novos negócios, com diversificação da economia, geração de emprego e renda no Vetor Sul da RMBH.

Este novo cenário de planejamento urbano e econômico proporcionado pela CSul possibilitará à cidade de Nova Lima e ao Estado de Minas Gerais a atração de novos investimentos, que projetarão a RMBH no cenário econômico nacional. O projeto já vem atraindo importantes empresas e instituições, que colaboram para o fomento econômico e o incremento das ofertas de trabalho, comércio e serviços, impactando positivamente na vida cotidiana daquelas pessoas que já residem na região. Como exemplo, podemos citar a Biomm, fábrica de insulina, o complexo mixed used em construção pela EPO, a BiotechTown, incubadora e aceleradora de startup’s na área de biotecnologia e a parceria com a PUC Minas que já anunciou a implantação do Campus Vetor Sul com cursos de graduação e pós-graduação, além de uma unidade do colégio Santa Maria na área do Projeto Centralidade Sul.

Aprovação da Licença Prévia no Conselho Estadual de Política Ambiental (Copam) reafirma a viabilidade ambiental do projeto e também ratifica que a Centralidade Sul é um dos pilares do desenvolvimento sustentável da RMBH, que diversificará a economia e delineará um futuro próspero. A LP foi concedida durante reunião da Câmara de Atividades de Infraestrutura de Transportes, Saneamento e Urbanização (CIF), após ampla e participativa discussão com os conselheiros, sociedade civil, técnicos da SEMAD, empreendedor e seus consultores.

O presidente da CSul, Maury Bastos, reforça o compromisso da empresa com o desenvolvimento sustentável, com o planejamento integrado e de longo prazo e com a gestão transparente e participativa. Ele destaca que a decisão proferida pelos conselheiros inaugura uma nova fase do planejamento metropolitano integrado do Vetor Sul, corroborando e consolidando as diretrizes definidas no Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado da RMBH, bem como seu macrozoneamento. “Além disso, a aprovação da LP abre caminho para novos investimentos da iniciativa privada, mudando os rumos do desenvolvimento urbano integrado da RMBH, trazendo desenvolvimento econômico para toda região”, disse. A Centralidade Sul é um dos pilares do desenvolvimento sustentável da RMBH, diversificando a economia e delineando um futuro próspero.

A Licença Prévia (LP) é a primeira fase de um licenciamento trifásico e é concedida apenas para que se avancem nas análises do detalhamento dos estudos e projetos acerca do empreendimento, A LP é concedida na fase preliminar do licenciamento ambiental e atesta a viabilidade ambiental, além de estabelecer os requisitos técnicos e as condicionantes a serem atendidas durante as próximas fases desse processo de licenciamento ambiental. Cada nova fase será objeto de um processo individual de licença de implantação, conforme estabelece a legislação mineira e será apresentado o detalhamento de todos os projetos relacionados a uma infraestrutura de parcelamento do solo (drenagem, terraplenagem, geometria do sistema viário, iluminação pública, tratamento e abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto, arborização viária, dentre outros). O processo de licenciamento foi conduzido com total transparência e participação não só dos órgãos competentes, mas também da sociedade civil.

Um jornal moderno, com a credibilidade e a leveza no jeito diferente de informar. Notícias, cultura, gastronomia, negócios, eventos e muito mais sobre um dos bairros mais charmosos de BH.

31 3264.0211 | 3286.1181

Edição Digital

Inscreva-se e receba o Jornal Belvedere em formato PDF.

Não mandaremos Spam!