Moradores e empresários reivindicam revitalização de calçada no Belvedere

Publicado Quarta, 10 Julho 2019 14:33
Revitalização: Moradores e comerciantes querem a reforma no quarteirão do início da Via Satel Bicalho Revitalização: Moradores e comerciantes querem a reforma no quarteirão do início da Via Satel Bicalho

Moradores e proprietários de imóveis próximos ao Edifício Lake estão reivindicando junto à Associação de Amigos do Belvedere (AABB) e às empresas instaladas próximas ao local a reforma e o replantio de mudas em frente à calçada da edifícação, no início da Via Stael Bicalho, no trecho que vai da Rua Sebastião Fabiano Dias até o Edifício Plazza.

A revitalização no trecho já faz parte de um trabalho que busca a adesão de vários moradores e empresários que estão instalados na região.

O ex-diretor da AABB, Roberto Braga informou que o local precisa urgentemente de novas mudas e de gradis de ferro de proteção para as plantas. De acordo com ele, o local recebe um fluxo intenso de pedestres, em especial os usuários de ônibus cujos pontos de embarque e desembarque ficam naquela calçada. Quem passa pelo local percebe o desleixo do local em relação à própria calçada e ao paisagismo ali existente. “Além disso, o local precisa rever suas lixeiras, que não comportam mais a quantidade de lixo coletado, formando montes de sacos plásticos pela calçada,” relata o diretor da AABB.

De acordo com a lei, cada proprietário do terreno ou edificação é obrigado a construir calçadas em logradouros providos de meios fios. Também compete ao proprietário do terreno que faça a conservação pela respectiva calçada. Já o Código de Posturas determina uma largura específica para as calçadas sem qualquer impedimento como “plantas e arbustos espinhosos, jardineiras, correntes, mourões e similares” deixando o espaço com trânsito livre ao pedestre. Em contrapartida, também está previsto que “serão obrigatoriamente deixadas aberturas destinadas ao plantio de árvores de pequeno e médio porte”. Ou seja, deve-se obedecer às regras para a implantação das chamadas “calçadas verdes”, faixas ajardinadas ou com espécies definidas pela prefeitura.

Vale destacar que compete ao Executivo Municipal o plantio de árvores em calçadas, mas não há nenhum proibitivo para os casos em que o morador plante em área pública. Desde que as espécies sejam adequadas ao ambiente urbano e permitidas pela prefeitura.

Os moradores desejam que comerciantes da região participem desse processo com doação de mudas ou de gradis. A Construtora Patrimar já se posicionou favorável a essa parceria para o plantio de mudas no local próximo ao Edifício The Plazza. Agora, aguardam apenas a adesão de comerciantes locais.

Um jornal moderno, com a credibilidade e a leveza no jeito diferente de informar. Notícias, cultura, gastronomia, negócios, eventos e muito mais sobre um dos bairros mais charmosos de BH.

31 3264.0211 | 3286.1181

Edição Digital

Inscreva-se e receba o Jornal Belvedere em formato PDF.

Não mandaremos Spam!