PBH realiza limpeza da Lagoa Seca

Publicado Quinta, 10 Maio 2018 18:06

A pedido da Associação de Amigos do Bairro Belvedere (AABB), a SLU efetuou serviços que visam o bem-estar dos moradores, como também a preservação da área que é utilizada para lazer e atividades esportivas.

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), está finalizando mais uma limpeza na Lagoa Seca. As equipes de trabalho realizam serviços de roçada, capina, rastelamento e retirada de resíduos de dentro da bacia de contenção do Belvedere, além de limpeza dos canais de escoamento de águas. A operação também serviu para combater a presença de pernilongos que proliferam nessa época do ano em razão do mato acumulado.  

Segundo informou Ubirajara Pires, presidente da Associação de Amigos do Bairro Belvedere (AABB), a PBH vem realizando a manutenção necessária e atendendo todas as solicitações dos moradores, visando sempre o bem-estar da população, como também a preservação da área que é utilizada para lazer e atividades esportivas. Ainda segundo ele, já foram retirados quase três caminhões de lixo verde de dentro da lagoa e essa faxina também contribui para impedir possíveis focos de proliferação do mosquito aedes aegypti.

Ubirajara ressaltou que os trabalhos foram paralisados, momentaneamente, mas devem avançar dentro dos próximos dias finalizando a capina nas áreas de encosta e próximas aos canais de escoamento dentro da Lagoa. E, que enquanto a PBH atua dentro da Lagoa, a frente de limpeza da AABB realiza, de segunda à sexta-feira, a varrição de alguns espaços públicos, poda e capina nas áreas laterais da Rua Juvenal de Melo Senra, do BH2 Mall até próximo à Rua Jornalista Djalma Andrade, no prédio do relógio.

Outra limpeza que deverá acontecer nos meses de maio, junho e julho, por solicitação da AABB, será a retirada de ervas-de-passarinho em várias árvores do Belvedere como um todo. De acordo com Ubirajara, a Associação já solicitou à PBH um caminhão Munck equipado com escada para manejo das árvores. “Esse trabalho será acompanhado pelo empresário e diretor da Associação de Amigos, Sinai Waisberg, que vem inspecionando as infestações na vegetação arbórea de todo o bairro. A infestação pela erva-de-passarinho é um fator relevante que deve ser observado pois interfere no vigor da planta, compromete a arquitetura das árvores, além de proliferar-se com facilidade em grupos de árvores próximas, o que compromete a arborização das ruas e de todo o bairro”, explicou.

Um jornal moderno, com a credibilidade e a leveza no jeito diferente de informar. Notícias, cultura, gastronomia, negócios, eventos e muito mais sobre um dos bairros mais charmosos de BH.

31 3264.0211 | 3286.1181

Edição Digital

Inscreva-se e receba o Jornal Belvedere em formato PDF.

Não mandaremos Spam!