Apoio da NSRainha ajuda na ressocialização de recuperandos na APAC de Nova Lima

Publicado Sexta, 08 Junho 2018 17:58
Projeto: A fábrica montada com a ajuda da NSRainha na APAC produz atualmente 200.000 hóstias mensais © Foto: Divulgação/NSRainha Projeto: A fábrica montada com a ajuda da NSRainha na APAC produz atualmente 200.000 hóstias mensais © Foto: Divulgação/NSRainha

Com ações efetivas, a Pastoral Carcerária da Paróquia Nossa Senhora Rainha vem contribuindo de forma decisiva para melhorar a vida dos recuperandos da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) de Nova Lima.

Destaque para atividades como a aquisição de equipamentos para a montagem de uma fábrica de hóstias, a realização de cursos de evangelização, exposição de produtos do herbário e padaria fabricados pelos recuperandos na Feira da Amizade, projeto de reforço escolar para crianças e adolescentes (filhos e parentes dos recuperandos) e a educação a distância com a oferta de mais de 200 cursos profissionalizantes.

A APAC de Nova Lima conta com o apoio da Pastoral Carcerária da Paróquia NSRainha, que desenvolve lá desde 2009 o Projeto “Sou do Bem” com o objetivo de levar a Palavra de Deus, a inclusão social, incentivar o diálogo com a sociedade, a fim de promover uma consciência coletiva comprometida com a vida e a dignidade humana e apoiar a comercialização de produtos fabricados pelos recuperandos, gerando renda e capacitação profissional. De acordo com Ricardo Alves, coordenador do Projeto “Sou do Bem” e atual presidente da APAC de Nova Lima, a ideia principal é a ressocialização dos recuperandos, para devolvê-los a sociedade recuperados.

Sobre a fábrica de hóstia, o presidente da APAC ressalta que ela surgiu de um sonho do pároco da NSRainha, Pe. Alexandre Fernandes, e que foi montada com a doação de equipamentos por parte de paroquianos e voluntários da Paróquia ao projeto “Sou do Bem”. A produção teve início em abril do ano passado com 24.000 unidades por mês e, atualmente, está em 200.000 hóstias mensais, que são vendidas para a própria NSRainha e para as paróquias de São José Operário, em Honório Bicalho (distrito de Nova Lima); de Santa Efigênia, em Nova Lima; de São José, no centro de BH; de São Judas Tadeu, no bairro da Graça, em BH; Cia dos Anjos, em Volta Redonda (RJ); Gospa Mira, em BH; e Santuário de Fátima, em Vitória (ES).

Ricardo Alves disse que a participação de voluntários da NSRainha é fundamental. “Semanalmente, um grupo de voluntarios ministra  para os recuperandos o curso de evangelização ‘Viagem do Prisioneiro’, desenvolvido com base no Evangelho de Marcos”. Traduzido para mais de 20 idiomas e modificado para uso na prisão, o curso incentiva os participantes a embarcar em uma jornada com Jesus Cristo, enfatizando que ele também experimentou muito do que os recuperandos sentem agora, incluindo o medo, a solidão, a alienação e o abandono. O curso tem a duração de dois meses e uma metodologia desenvolvida pela Prison Fellowship International (PFI) (instituição internacional, parceira da Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados – FBAC).

Incentivo

O coordenador do projeto Sou do Bem lembrou também do apoio da Paróquia Nossa Senhora Rainha ao comprar artigos produzidos pelos recuperandos. Nas três últimas edições do Congresso Homens e Mulheres, os brindes distribuídos aos participantes foram confecionados na oficina da APAC, incluindo pastas, porta-objetos e estojos de lápis. Outra ajuda da NSRainha é a abertura de espaço na Feira da Amizade, promovida pela Paróquia duas vezes por ano, uma próxima do Dia das Mães e outra do Natal, para a exposição de produtos produzidos pelos recuperandos. Ricardo disse que, na edição de maio deste ano, “eles expuseram sabonetes em barra, líquido, ervas para chá, oriundas do herbário implantado em 2017 e pães e roscas especiais da nossa já tradicional padaria escola”.

Além dessas ações, Ricardo Alves lembrou que continuam a ser desenvolvidos os projetos de inclusão digital, em parceria com a WebAula, com cursos profissionalizantes em várias áreas (contabilidade, recursos humanos, administração, vendas e  etc.). Ele finalizou ressaltando que a APAC-Nova Lima tem um índice de recuperação em torno de 75%. “Precisamos do apoio de empresários na contratação dos profissionais que formamos aqui na APAC e que estão no regime semi-aberto ou que ganharam a liberdade, pois eles são muito capacitados e merecem essa chance de trabalho, pois ainda existe um preconceito muito grande da sociedade. Ninguém é irrecuperável!”.

Paróquia Nossa Senhora Rainha
Rua Modesto Carvalho Araujo, 227,
Belvedere - Belo Horizonte – MG.
Cep: 30320-410.  Tel: (31) 3286-3034.
www.nsrainha.com • Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Atendimento Paroquial
• De segunda a quinta-feira de  9h às 18h30
• Sexta-feira de 9h às 18h • Sábado de 9h às 12h

Um jornal moderno, com a credibilidade e a leveza no jeito diferente de informar. Notícias, cultura, gastronomia, negócios, eventos e muito mais sobre um dos bairros mais charmosos de BH.

31 3264.0211 | 3286.1181

Edição Digital

Inscreva-se e receba o Jornal Belvedere em formato PDF.

Não mandaremos Spam!