Tráfego de carretas de minério na MG-030 será debatido na ALMG

Publicado Sexta, 08 Junho 2018 18:27

No próximo dia 21 de junho, por solicitação do deputado Fred Costa, a Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais vai discutir com representantes dos moradores os riscos que os usuários da via estão enfrentando ao dividir o trânsito com os caminhões da mineradora.

Mais uma vez, a pedido do deputado Fred Costa, vice-presidente da Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais (ALMG), o tráfego de carretas de minério na rodovia MG-030 será debatido em Audiência Pública. Apesar de já haver decisão judicial proibindo o escoamento de minério na rodovia, as mineradoras não interromperam a atividade, desafiando multas diárias de R$10 mil por veículo. O debate ocorrerá no próximo dia 21 de junho, às 10h e na Assembleia de Minas.

O parlamentar lembra que a MG-030 é a principal rodovia que liga Belo Horizonte a Nova Lima, Rio Acima e Raposos e, devido ao acelerado crescimento residencial e comercial nos últimos anos na região, a via tem caráter urbano. “Há muita gente que transita diariamente pela rodovia para ir ao trabalho, ter acesso a supermercados ou para sair de casa por qualquer outro motivo. Há escolas e comércio nas proximidades, de modo que a MG-030 seja praticamente uma avenida urbana. Portanto, é inaceitável a presença das carretas, que trazem um risco iminente de acidentes na pista, que já é íngreme, estreita e extremamente perigosa para o motorista”, disse Fred Costa.

Mineradora admite irregularidade

Segundo matéria veiculada nas últimas semanas na TV Alterosa, a Empabra SA admitiu em nota que as carretas da empresa continuam a trafegar pela MG-030. A reportagem também flagrou veículos carregados de minério passando em frente a um posto da polícia rodoviária sem ser interceptado.

Desde novembro de 2014, as carretas começaram a descumprir o Termo de Ajustamento de Conduta que delimitou um outro trajeto para o escoamento do minério na região. Em março de 2015, Fred Costa realizou uma audiência pública na ALMG para tratar sobre os principais problemas enfrentados pelos moradores na rodovia, incluindo a presença das carretas. Em decorrência da audiência pública, o Ministério Público e a Associação Geral do Vale dos Cristais acordou com as mineradoras só transitariam do período das 22h às 5h.

Moradores denunciaram que as carretas estavam transitando em horários diferentes do acordado, e em março de 2016 Fred Costa realizou nova audiência pública - desta vez no Colégio Santo Agostinho. O debate contou com uma forte presença não só de moradores, como também de pais e alunos da escola, que diariamente sofrem com o risco de acidentes, devido à presença intensa das carretas. No dia 10 de maio, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) decidiu em 2ª instância favoravelmente à uma decisão da Promotoria de Justiça de Nova Lima, proibindo definitivamente o transporte de finos de minério pela MG-030.

Um jornal moderno, com a credibilidade e a leveza no jeito diferente de informar. Notícias, cultura, gastronomia, negócios, eventos e muito mais sobre um dos bairros mais charmosos de BH.

31 3264.0211 | 3286.1181

Edição Digital

Inscreva-se e receba o Jornal Belvedere em formato PDF.

Não mandaremos Spam!