Várias ruas do Belvedere passam a ter trânsito em mão única

Publicado Sexta, 10 Agosto 2018 14:19
Mudança: Várias ruas do Belvedere passam a ter sentido único de direção como a Juvenal de Melo Senra, a partir do cruzamento com a Avenida Paulo Camilo Penna Mudança: Várias ruas do Belvedere passam a ter sentido único de direção como a Juvenal de Melo Senra, a partir do cruzamento com a Avenida Paulo Camilo Penna

BHTrans e Associação de Amigos do Bairro Belvedere (AABB) propõem a implantação do sistema em nove ruas do bairro, a partir do dia 12 de setembro, em regime de adaptação e observação da sua validade pelos usuários.

Moradores do Belvedere se reuniram com técnicos da BHTrans para conhecer o projeto de mudanças no trânsito no bairro, que prevê a mão única de algumas ruas. Durante a reunião, os técnicos e a Associação de Amigos do Bairro Belvedere (AABB) propuseram a implantação do sistema binário a partir do dia 12 de setembro, em regime de adaptação e observação da sua validade pelos usuários. Ao todo, nove ruas passarão a ter a mão única. São elas: João Antônio Azeredo, Fausto Nunes Vieira, Eng. Walter Kurle, José Ferreira Cascão, Cypriano Coutinho, Elza Brandão Rodarte e Juvenal de Melo Senra. Esta última, em apenas um trecho entre a João Antônio Azeredo e a entrada para a Jornalista Djalma Andrade, continuará com a circulação nos dois sentidos.

Segundo informou Ubirajara Pires, presidente da AABB, o projeto que será implantado a partir de setembro será na modalidade de teste, uma vez verificado algum entrave poderá ser modificado. Ainda de acordo com ele, alguns dispositivos de sinalização serão implantados em frente à Academia Body Tech, na Avenida Paulo Camilo Penna, e em frente aos bancos na Avenida Luiz Paulo Franco. “São locais onde há fluxo intenso de carros e pedestres transpondo a via. Haverá uma sinalização horizontal com faixas em vermelho para trazer mais segurança a todos”, informou.

Ainda segundo Ubirajara, a BHTrans irá realizar um estudo para uma melhor solução na Avenida Paulo Camilo Penna, que será apresentado à AABB e em seguida aos moradores. “Não sabemos se será uma rotatória ou outro dispositivo para dar solução ao trânsito e impedir convergências perigosas na via”, comunicou. Serão soluções pontuais como no cruzamento da Juvenal de Melo Senra com a avenida em questão.

Outra modificação aprovada e que será implantada em breve será a instalação de ponto de carga e descarga, na Juvenal de Melo Senra, do trecho após o Banco do Brasil, visando atender os lojistas da região que precisam desembarcar suas mercadorias.

Alguns moradores presentes questionaram sobre o acesso à esquerda pela Luiz Paulo Franco em direção ao bairro pela Paulo Camilo Penna. O local oferece constantes gargalos em razão da imprudência de alguns motoristas em avançar o sinal e utilizar o posto de gasolina para uma saída mais rápida. Ali há a formação de uma fila constante no sentido da Paulo Camilo Penna para o acesso à Luiz Paulo Franco. Outros, por sua vez, se mostraram apreensivos com o trânsito sendo direcionado à porta de suas residências.

As demais vias do Belvedere III, como Desembargador Jorge Fontana, Rodrigo Otávio Coutinho, Paulo Camilo Penna, Jornalista Djalma Andrade, Decíola Horta, Luiz Paulo Franco, Sebastião Fabiano Dias e Maestro Arthur Bosmans continuam sem alteração nos sentidos das mãos.

Evento tumultua a Lagoa Seca e ruas do bairro

No final de semana do último dia 4, a Associação de Amigos do Bairro Belvedere e os moradores locais foram surpreendidos por uma corrida de rua, até então não acordada com a prefeitura de Belo Horizonte no calendário de eventos do bairro. O promotor da corrida possuía alvará e, segundo Ubirajara Pires não houve uma comunicação prévia por parte da prefeitura. De acordo com ele, as duas associações do bairro – AABB e AMBB – celebraram um acordo com o poder executivo municipal para a realização de apenas três eventos no bairro, partindo da Lagoa Seca: a corrida Delas, a corrida da Fundação Torino e um evento da prefeitura de música na praça.

O evento do final de semana pegou a Associação de surpresa e trouxe vários tumultos para o bairro. Segundo Ubirajara, fizeram o fechamento da Rua Juvenal de Melo Senra a partir da Rua Vicente Guimarães, contrariando outro acordo celebrado com os lojistas que precisam do espaço liberado. Ainda fecharam as laterais da Lagoa Seca com cercas metálicas impedindo o trânsito de moradores e suas crianças, instalaram tendas e até um caminhão com equipamentos rodou pelas ruas do bairro na contramão. O presidente da AABB se mostrou revoltado com a aprovação do evento sem consulta ou informação prévia junto às associações. O fato é que vários moradores reclamaram e alguns, mais alterados, cobraram uma posição dos dirigentes dos moradores enquanto os mesmos não haviam se quer sido informados de nada e o evento estava com toda a documentação regular.

Um jornal moderno, com a credibilidade e a leveza no jeito diferente de informar. Notícias, cultura, gastronomia, negócios, eventos e muito mais sobre um dos bairros mais charmosos de BH.

31 3264.0211 | 3286.1181

Edição Digital

Inscreva-se e receba o Jornal Belvedere em formato PDF.

Não mandaremos Spam!