O desafio de educar as novas gerações - Recursos da Pedagogia Logosófica

Publicado Quinta, 26 Janeiro 2017 11:01

Liara Sia Moreira Salles / Diretora do Colégio Logosófico

Educar as novas gerações constitui, cada vez mais, um desafio, pela complexidade de fatores que interferem no dia-a-dia das crianças e jovens e – por que não? – também no cotidiano dos pais e professores.

Afinal, estamos num período de franca decadência de conceitos e valores em todo o mundo...

O desafio de educar nossas crianças e jovens é, pois, altamente instigante! Nossos filhos ou alunos, como seres humanos, valem muito mais que qualquer outro bem material. Ninguém diz o contrário. Sendo assim, vale indagar: se tanto nos organizamos para prover nossos lares e nossas escolas dos itens materiais mais apropriados, como temos nos organizado para educar nossos filhos e alunos? O que temos feito para ir além dos aspectos físicos ou da formação acadêmica, atendendo ao educando em sua configuração física, psicológica e espiritual?

Para a Pedagogia Logosófica, essa questão abre o cenário da verdadeira educação e, para atendê-la, precisaremos de um plano de ações em todos os sentidos.

Três pontos essenciais se destacam neste plano:

1º) Aonde queremos chegar – qual é a imagem do ser humano ideal para nós.

2º) Onde estamos – é o ponto de partida, consistindo, por um lado, na nossa própria realidade; por outro, na realidade biopsicoespiritual do educando, criança ou jovem, e ainda considerando os diversos fatores externos que envolvem a educação.

3º) Com que contamos – os recursos para irmos de um ponto a outro, de onde estamos até aonde queremos chegar.

É nesse ponto que entra o grande auxílio da Pedagogia Logosófica. Sua aplicação oferece ao educador – seja ele pai ou professor – recursos que o auxiliam a enfrentar o desafio de educar, educando para a vida consciente. Por efeito da ação conjunta do conhecimento e do afeto, vai além da formação curricular e propicia o cultivo de valores permanentes para a vida.

A Pedagogia Logosófica ensina estratégias, tais como fazer perguntas e reperguntas, usar imagens analógicas, analisar experiências, estimular iniciativas, observar conscientemente, dar muitas explicações, fazer relatos, contar histórias, entre tantas outras.

Também consideramos a importância dos bons exemplos, da convivência como campo experimental, dos estímulos positivos e do incentivo crescente à atuação do livre arbítrio – aprender a pensar!

A aplicação da Pedagogia Logosófica resulta, gradualmente, em indivíduos mais livres e mais felizes, responsáveis, confiantes em si mesmos e com defesas mentais que lhes oferecem recursos para imunizar-se contra os males que afetam a humanidade, aprendendo a fazer o bem conscientemente.

Não há receitas nem medidas únicas; nossa atuação deve ser equilibrada e ativa, sempre inspirada em conhecimentos reais. É preciso cultivar muitos valores permanentes para a vida e ensinar a pensar. Nossa atuação educativa não precisa ser tão forte como um holofote, a ponto de atordoar com sua luz intensa e impedir que os educandos caminhem com as próprias pernas, e nem tão tênue como a chama de uma vela, dificultando a visão do caminho que precisa ser seguido. Equilíbrio! Aí está uma das palavras-chave em educação!

Saiba mais sobre o assunto na palestra a ser realizada no dia 8 de março, às 19h30, na sede da Fundação Logosófica Vila da Serra, Rua González Pecotche 60.

Um jornal moderno, com a credibilidade e a leveza no jeito diferente de informar. Notícias, cultura, gastronomia, negócios, eventos e muito mais sobre um dos bairros mais charmosos de BH.

31 3264.0211 | 3286.1181

Edição Digital

Inscreva-se e receba o Jornal Belvedere em formato PDF.

Não mandaremos Spam!