O meio ambiente da região agradece

Publicado Quarta, 11 Julho 2018 13:52
Vila da Serra: Moradores participaram de feira bio de produtos de fabricação artesanal e as crianças fizeram o plantio de mudas de Ipê e árvores frutíferas, doadas pela ONG PROMUTUCA © Fotos Divulgação Vila da Serra: Moradores participaram de feira bio de produtos de fabricação artesanal e as crianças fizeram o plantio de mudas de Ipê e árvores frutíferas, doadas pela ONG PROMUTUCA © Fotos Divulgação

Ações direcionadas para as crianças destacaram a importância da instalação do Corredor Ecológico do Vale do Mutuca, como também a necessidade de preservação e plantio de árvores. Os eventos foram realizados pela Unidade Vila da Serra da Prefeitura de Nova Lima e pelo Colégio Santo Agostinho Vale dos Cristais, em conjunto com a ONG Promutuca.

Duas ações importantes envolvendo crianças da região foram realizadas em comemoração ao Dia Internacional do Meio Ambiente. A primeira delas foi uma palestra ministrada pelo diretor da Associação de Proteção Ambiental do Vale do Mutuca (PROMUTUCA), Flávio Krollmman, para alunos do 3º ano do Colégio Santo Agostinho Vale dos Cristais. Na ocasião, Krollmman exibiu um filme sobre a importância da instalação do Corredor Ecológico do Vale do Mutuca, que interliga a Bacia do Velhas ao Paraopeba e promove a passagem de animais silvestres, abordando a riqueza da flora e fauna locais. A partir dessa palestra, os alunos foram convidados a produzir textos para serem utilizados como sensibilização da questão ambiental da região, reforçando a importância da Mata do Mutuca nesse contexto.

Em outro ponto, alunos do Colégio e crianças da região também participaram de um evento organizado pela Unidade Vila da Serra da Prefeitura de Nova Lima, onde várias ações de preservação foram realizadas. As crianças fizeram o plantio intercalado de mudas de ipê (árvore símbolo da cidade de Nova Lima) e frutíferas, doadas pela ONG PROMUTUCA. O objetivo, segundo informou a secretária Lilian Vianna, era recompor a área verde nas calçadas de duas ruas do bairro, através do envolvimento das crianças para a instalação de um bosque nas ruas. As mudas plantadas receberam identificação da espécie e do nome da criança que fez o plantio. A tarde foi toda reservada pela as questões ambientais e oficinas de técnicas de plantio e cultivo foram oferecidas às crianças. O evento contou, entre outras atrações, com uma feira bio de produtos de fabricação artesanal e com uma rua de lazer para a criançada, montada pela Secretaria de Esporte e Lazer de Nova Lima.

Vale lembrar que a sustentabilidade é um dos valores agostinianos, e dentro desta lógica o Colégio Santo Agostinho-Nova Lima hoje é uma referência nessa área. Além de sua arquitetura sustentável, que reutiliza água pluvial e valoriza a utilização de luz e ventilação natural, ações do Grupo de Trabalho de Envolvimento e Iniciativa Ambiental (GTEIA) têm integrado as práticas pedagógicas ao cuidado com o meio ambiente. Desde fevereiro desse ano, a escola conta com quatro Ecopontos que recebem da comunidade escolar material reciclável, que é recolhido pela ASCAP - Nova Lima, dando um destino social, econômico e ambiental correto aos resíduos que seriam descartados de maneira incorreta. Em maio, a escola realizou um mutirão para coleta de resíduos eletrônicos, e dezenas de aparelhos que seriam descartados de maneira equivocada foram destinados a uma empresa especializada para o destino correto.

Um jornal moderno, com a credibilidade e a leveza no jeito diferente de informar. Notícias, cultura, gastronomia, negócios, eventos e muito mais sobre um dos bairros mais charmosos de BH.

31 3264.0211 | 3286.1181

Edição Digital

Inscreva-se e receba o Jornal Belvedere em formato PDF.

Não mandaremos Spam!