Novidades no “Acaba Mundo”

Publicado Sexta, 26 Outubro 2018 20:11

Paulo André Mendes / Geógrafo e jornalista, colaborador da ArcaAmaserra / www.amaserra.org

Olá, leitor!
Por várias vezes já falei, aqui na Coluna, sobre a importância da grande área verde localizada entre os bairros Belvedere, Sion e Mangabeiras. Uma área que no início da história da nossa Capital era conhecida como o “Acaba Mundo”, mas que hoje muitas pessoas chamam de “Lagoa Seca” – sendo este na verdade o nome da mineradora que começou a operar na região ainda nos anos 1940.

De todo modo, Acaba Mundo ou Lagoa Seca, o importante é que essa área, contígua à Serra do Curral, seja de alguma forma recuperada ambientalmente e direcionada para utilização, como um parque ou algo parecido, pelos moradores e visitantes da nossa cidade. Conforme, aliás, ficou definido, há vários anos, no âmbito do Conselho Municipal de Meio Ambiente.

Só que nada disso jamais saiu do papel.

Novidades
Mas na última edição do JORNAL BELVEDERE tivemos novidades, e em primeira mão. O Jornal publicou uma entrevista com o engenheiro de minas Carlos Eduardo Orsini, um consultor contratado pelos responsáveis pela área do Acaba Mundo (ou Lagoa Seca).

Carlos Eduardo anunciou o desenvolvimento de um projeto denominado “Legado da Serra”, o qual segundo ele irá proteger ambientalmente a região, conectando-a à Serra do Curral e proporcionando a todos um espaço de uso público coletivo.

Ainda em suas palavras, está prevista a criação, na área, de uma Reserva Particular Ecológica, a qual terá uma área que poderá chegar a 1.200.000 metros quadrados. Nessa reserva existirão espaços destinados ao lazer, ao esporte, à cultura e à convivência. O projeto será apresentado no final deste mês de outubro.
Aguardamos curiosos.

Olavo Bilac
Concluindo, trago para o leitor as impressões do poeta Olavo Bilac (1865-1918), que relembrou, em 1916, a sua visita à região:

“Na manhã seguinte ao dia da minha chegada a esta zona mineira, há vinte e dois anos, subi ao Acaba Mundo, por uma vereda agreste, que coleava entre os caminhos de Lagoa Seca e Santa Cruz. Cheguei a mil metros de altura, e fartei os olhos da paisagem bárbara e majestosa. A um lado, empinava-se a montanha alcantilada, vestida de selvas. Do outro lado, estendia-se o vale; e, depois do vale, outra serra, e outros vales sem conta, e outras serras sem número, serras e serras azuladas, espumando em neblinas, como vagalhões de um oceano sem termo... O infinito enchia os meus olhos, e entontecia-me. E compreendi, então, a felicidade do epíteto geográfico desta localidade.”

Aguardamos a sua mensagem: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..
Visite a ARCA-AMASERRA: www.amaserra.org.

Um jornal moderno, com a credibilidade e a leveza no jeito diferente de informar. Notícias, cultura, gastronomia, negócios, eventos e muito mais sobre um dos bairros mais charmosos de BH.

31 3264.0211 | 3286.1181

Edição Digital

Inscreva-se e receba o Jornal Belvedere em formato PDF.

Não mandaremos Spam!