Escleroterapia com espuma densa para tratamento de varizes

Publicado Quinta, 10 Maio 2018 17:14

Dra Camila Caetano / Angiologista e especialista em cirurgia vascular

O que é? Quando é indicado? Conheça essa técnica que hoje é bastante difundida, versátil e segura.

Há alguns anos têm se utilizado a aplicação com espuma densa em veias varicosas (dilatadas). A escleroterapia com espuma é um agente esclerosante em forma de espuma e guiado por ultrassom, com objetivo de ocluir a veia insuficiente (doente). Os agentes esclerosantes causam irritação da parede do vaso, provocando inflamação local e transformando, posteriormente, o vaso em um cordão fibroso. Com isso, há melhora dos sintomas da insuficiência venosa (que são dor, inchaço entre outros). O medicamento é absorvido 94% de seu volume pela parede da veia (Tessari, L 2009). Com isso, pouco esclerosante circulará pelo corpo humano, o que explica sua baixa taxa de complicações.

Em 2001, um médico Italiano, Lorenzo Tessari, descreveu a técnica em que os líquidos esclerosantes eram misturados com ar por meio de duas seringas conectadas por uma torneira, formando a espuma. O objetivo do Dr. Tessari era produzir um esclerosante que fosse mais eficaz, mais acessível, sem cirurgia e com menos complicações. No ano de 2000, Cabrera publicou um estudo retrospectivo com 500 pacientes e os mesmos trataram as safenas com espuma. O resultado foi uma melhora da alteração nas safenas e dos sintomas.

Essa técnica hoje é bastante difundida, versátil e segura, mas tem suas indicações. É eficaz para tratamento da insuficiência venosa crônica (conjunto de manifestações clínicas do sistema venoso) e boa desde que sua estratégia seja feita com rigor. Todos podem estar pensando: ‘Que ótimo! Este tratamento veio substituir a cirurgia?

Então quer dizer que não preciso mais de cirurgia?’ Infelizmente não é bem assim. Como todas as técnicas e todo tratamento, há benefícios e riscos e, somente o médico cirurgião vascular, pode determinar por meio de uma avaliação qual melhor técnica para cada paciente. Este tratamento pode ser realizado no consultório do médico especialista e não requer os mesmos cuidados da cirurgia convencional, podendo o paciente voltar às atividades laborais o mais precoce possível. Portanto, antes de qualquer decisão acerca do melhor tratamento, todo paciente deve fazer uma avaliação com seu médico. Somente ele será capaz de indicar a melhor técnica.

Clínica Vascular Camila Caetano

Angiologista e especialista em cirurgia vascular/endovascular e ecografia vascular • CRM 50597
Alameda Oscar Niemeyer, 1033, sala 823, Vila da Serra • Telefone: (31) 3646-0926
Whatsapp: (31) 98372-4549
Membro efetivo na área de cirurgia vascular do Hospital Biocor

Um jornal moderno, com a credibilidade e a leveza no jeito diferente de informar. Notícias, cultura, gastronomia, negócios, eventos e muito mais sobre um dos bairros mais charmosos de BH.

31 3264.0211 | 3286.1181

Edição Digital

Inscreva-se e receba o Jornal Belvedere em formato PDF.

Não mandaremos Spam!