O mês de retorno às aulas é o momento de conferir se a saúde das crianças está em dia

Publicado Segunda, 11 Fevereiro 2019 18:39
Prevenção: Alice Carvalhais, nutricionista e consultora do Hermes Pardini © Foto: Divulgação/Izabela Rodrigues/Cedida Hermes Pardini Prevenção: Alice Carvalhais, nutricionista e consultora do Hermes Pardini © Foto: Divulgação/Izabela Rodrigues/Cedida Hermes Pardini

Neste início de ano, a nutricionista e consultora do Hermes Pardini, Alice Carvalhais recomenda os pais realizar um check-up kids, composto por sete exames.

Um novo ano para as crianças começa de verdade com o retorno às aulas. E é também no começo do ano que os pais podem aproveitar para cuidar da saúde dos filhos, com a aplicação de vacinas e realização de exames, seja pela primeira vez, seja para controle. Com isso, eles ficam preparados para enfrentar os desafios da vida escolar, das atividades extraclasse e, claro, também dos momentos de lazer.

São três opções para os pais: Check-up Kids, composto por sete exames (colesterol total e frações, ferro, glicose, hemograma, parasitológico, triglicérides e urina rotina); testes de 15 tipos de alergias (bolor, fungo e mofo; derivados de leite; IGE total, ovo, pelo e caspa de cão e gato; poeira doméstica; e trigo); e vacinas com preços diferenciados (Rotavírus Pentavalente; Hexavalente; e Pentavalente).

Os exames necessitam de jejum de, ao menos, 8 horas e podem ser realizados sem a necessidade de pedido médico. Mesmo assim, o laboratório recomenda que as crianças tenham acompanhamento profissional.

Para a nutricionista e consultora do Hermes Pardini, Alice Carvalhais, é importante frisar que as crianças, diferentemente dos adultos, não precisam realizar exames sanguíneos com muita frequência, até porque demoram mais a repor o sangue. “No entanto, com uma regularidade mais espaçada pode ser muito benéfico para avaliarmos as reservas de ferro, os níveis de glicose e outros mais específicos que podem ser solicitados por profissionais, dependendo de cada caso”, explica.

Nesse contexto, as crianças que apresentam alimentação muito inadequada, pobre em vegetais e rica em açúcar e gordura, precisam de um cuidado extra, porque o peso adequado pode disfarçar algumas carências nutricionais.

“Se for detectada a falta de nutrientes, como o ferro, fundamental ao crescimento, é hora de iniciar uma dieta que melhore os níveis desse elemento no sangue. Alimentos como carnes, feijão, beterraba e folhosos verde escuros, quando combinados com uma fruta cítrica, podem auxiliar a suprir essa carência. Se o quadro for mais severo, pode ser preciso a ingestão de suplementos com prescrição de um profissional”, argumenta.

Informações e dúvidas

Entre em contato com o atendimento ao cliente Hermes Pardini: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. • www.hermespardini.com.br

Um jornal moderno, com a credibilidade e a leveza no jeito diferente de informar. Notícias, cultura, gastronomia, negócios, eventos e muito mais sobre um dos bairros mais charmosos de BH.

31 3264.0211 | 3286.1181

Edição Digital

Inscreva-se e receba o Jornal Belvedere em formato PDF.

Não mandaremos Spam!