Bombeiros e especialistas afirmam que prédios residenciais, condomínios e todas as edificações precisam ter o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), mas documento é ainda ignorado ou desconhecido pela maioria dos dirigentes e moradores dos prédios.

Publicado em Segurança
Veículo atravessa pista, próximo ao Jardim Canadá, causa morte, assusta usuários e mostra que, em razão da falta de defensas metálicas no local, a rodovia fica cada dia mais perigosa. Um acidente ocorrido no sábado de Carnaval, no km 550 da BR-040, próximo ao Jardim Canadá, onde um veículo que apresentou um problema mecânico perdeu o controle, atravessou o canteiro central e atingiu um carro em sentido contrário, chamou a atenção de usuários da rodovia sobre os riscos que a estrada oferece. As imagens divulgadas em redes sociais do momento exato da colisão causaram susto e revolta em vários moradores e nos participantes do Movimento SOS BR040, em razão da ausência de defensas metálicas no local. Para Paulo Azevedo, morador do Alphaville Lagoa dos Ingleses e integrante do Movimento em prol da segurança da rodovia, o que falta é uma manutenção corretiva da via. Para ele, a rodovia está péssima em relação à manutenção e cuidados e o acidente trágico vem comprovar os riscos que a BR oferece, sem as devidas obras de manutenção e segurança, tão apregoadas pelos usuários. “Essa é uma estrada onde os problemas se iniciam no Viaduto do Mutuca e vão se repetindo em vários pontos até o Rio de Janeiro. Uma estrada que possui pontos de aquaplanagem, que não possui defensas metálicas nem controle de velocidade, e que exige um frezamento asfáltico de boa qualidade. Não entendemos como intervenções simples e viáveis não podem ser feitas”, explicou Azevedo. Segundo Paulo Azevedo, a questão do controle de velocidade é de fundamental importância para promover maior segurança na estrada: “Vimos trechos próximos à Conselheiro Lafaiete, onde há lombadas e radares. É a mesma rodovia e aqui a resposta que temos é que esses equipamentos são de responsabilidade do município. Então, que ele faça o ‘dever de casa’. O que não podemos é conviver mais com tanta insegurança nessa estrada e veículos trafegando em alta velocidade, sem responsabilidade.” Medidas urgentes Outro ponto importante levantado pelo morador é com relação às licenças ambientais. “Ao fazer uma Parceria Público Privada (PPP) o governo precisaria conceder as licenças para as obras necessárias na via. Isso agiliza o processo e permite uma economia grande em todo o planejamento. Hoje, cerca de 30% dos acidentes da BR-040 acontecem no trecho entre o Mutuca e a Praça de Pedágio. Quem trafega por esse percurso, por exemplo, e se deparar com um acidente na pista, vai ficar ali parado por muitas horas. Porque não existe retorno nesse trecho. Se um caminhão tombar, você fica preso e vai perder seu compromisso, seu trabalho, etc. São obras emergenciais que precisam ser feitas e para isso dependem, entre outros, da liberação de licenciamento”, relatou. Na última semana, os moradores foram informados pelo Ministério Público Federal (MPF) que dentro de poucos dias enviará à Concessionária Via 040 a recomendação para que a empresa tome uma série de providências em relação às melhorias emergenciais na rodovia e que terá um prazo para a conclusão das mesmas, de acordo com o grau de complexidade. Segundo informou Kátia Negreiros, integrante do Movimento SOS BR040, o MPF esclareceu que “a recomendação não se aterá apenas ao trecho BH-Lafaiete e se referirá apenas a medidas urgentes que não demandem alto custo e muito tempo de execução. Serão medidas que mitiguem alta incidência de acidentes em determinados trechos. E, uma vez não sendo atendida a recomendação, o MPF judicializará a questão para que seja cumprida a recomendação. Porque, em relação ao cumprimento do contrato, esta questão já está na Justiça e a Via 040 tem obtido sucesso nas suas alegações quanto ao direito que a lei 13.448 lhe confere à ‘devolução’ da concessão e especificamente à manutenção do valor do pedágio cobrado atualmente”, informou.
Publicado em Segurança

Medo, tensão, falta de informações e prejuízos psicológicos e financeiros incalculáveis. São consequências vivenciadas pela população de áreas ameaçadas pelas barragens de rejeitos das mineradoras em Nova Lima, Rio Acima, Itabirito e Ouro Preto.

Publicado em Meio Ambiente

Proprietários de pousadas, restaurantes e de outras atividades ligadas ao turismo decidem entrar com ações contra a empresa e, com ajuda do deputado Federal Fred Costa, vão à Brasília em busca de ajuda do Ministério de Turismo.

Publicado em Meio Ambiente

Nos últimos dias, as redes sociais foram invadidas com várias denúncias a órgãos de imprensa, por reclamações de moradores e pais de alunos que não conseguiam acesso ao próprio colégio e aos condomínios em seu entorno.

Publicado em Segurança
Segunda, 25 Fevereiro 2019 13:27

AABB alinha ações de segurança no Belvedere

A Associação de Amigos do Bairro Belvedere (AABB) vem atuando em várias frentes para manter a segurança e a ordem na região.

Publicado em Segurança

Deputado Federal Fred Costa em reunião com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, relatou que os moradores de Nova Lima, Brumadinho, Itabirito, Lafaiete e Belo Horizonte estão lutando e aguardando a transferência da rodovia para uma nova empresa. “Cobraremos que este processo se inicie o quanto antes e que as cláusulas do contrato sejam mais rigorosas para a empresa”, afirmou o deputado federal.

Publicado em Segurança

 A preocupação maior está com os moradores de condomínios horizontais, cercados pelas barragens de rejeitos das mineradoras. Associações representativas já promoveram reuniões para discutir o tema, como em São Sebastião das Águas Claras, no Alphaville e em Passárgada.

Publicado em Meio Ambiente

Sensibilizada com a tragédia que vitimou centenas de pessoas em Brumadinho e com objetivo de esclarecer à sociedade em geral sobre a situação da planta de mineração de propriedade da Vallourec Mineração, a Associação Geral do Alphaville Lagoa dos Ingleses convidou a empresa para uma apresentação sobre o tema “Controle e Mitigações da Mina Pau Branco”.

Publicado em Meio Ambiente

Após dois mandatos na ALMG, parlamentar tomará posse como deputado federal e promete trabalhar na legislação penal. “A nossa prioridade é eliminar a impunidade” afirma o deputado. 

Publicado em Segurança
Página 1 de 6

Um jornal moderno, com a credibilidade e a leveza no jeito diferente de informar. Notícias, cultura, gastronomia, negócios, eventos e muito mais sobre um dos bairros mais charmosos de BH.

31 3264.0211 | 3286.1181

Edição Digital

Inscreva-se e receba o Jornal Belvedere em formato PDF.

Não mandaremos Spam!