Um Renegade com cara e alma de Jeep

Publicado Quinta, 25 Julho 2019 12:36
© Foto: Eduardo Aquino © Foto: Eduardo Aquino

Eduardo Aquino / Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Andamos na versão do Renegade que tem motor a diesel, câmbio de nove marchas, tração 4x4 com reduzida, controle de descida, seletor de terrenos e suspensão independente nas quatro rodas, ingredientes que fazem com que o utilitário-esportivo compacto tenha mais cara e alma de Jeep e disposição para encarar trechos mais difíceis fora do asfalto. O baixo nível de consumo também é um dos atrativos do Renegade Longitude 2.0 Diesel. Por outro lado, o porta-malas fica devendo espaço.

O segmento dos utilitários-esportivos compactos no Brasil é uma verdadeira arena, com representantes de quase todas as marcas: Chevrolet Tracker, Citroen C4 Cactus, Ford EcoSport, Honda HR-V, Hyundai Creta, Nissan Kicks, Peugeot 2008, Renault Duster, Volkswagen T-Cross. Mas, verdade seja dita, o Jeep Renegade é o único desses compactos que tem uma versão com tração 4x4 e motor diesel.

E, embora muitos dos concorrentes também tenham suspensão elevada, boa altura do solo, bons ângulos de ataque e saída e até pneus mais apropriados para encarar pequenas aventuras, o conjunto (motor turbodiesel 2.0 de 170cv, tração 4x4 com reduzida e câmbio automático de nove marchas) do Renegade Longitude 2.0 diesel faz a diferença quando se roda fora do asfalto, onde ele mostra toda a sua disposição mesmo sem estar equipado com pneus mais apropriados para pequenas aventuras.

Com um excelente torque disponível já em baixas rotações (a partir de 1.750rpm), o motor 2.0 mostra fôlego tanto para encarar aquelas subidas mais íngremes no fora de estrada, quanto na hora de realizar uma ultrapassagem com mais segurança no asfalto. Fora do asfalto, o motorista ainda conta com bons ângulos de ataque e saída, seletor de modos de condução (com opções asfalto, neve, areia e lama), controle de descida e suspensão independente nas quatro rodas.

Além da boa performance, no asfalto o Renegade Longitude 2.0 Diesel também se destaca pelo conforto e estabilidade da suspensão e pelo baixo nível de consumo. Numa viagem por uma boa estrada de pista dupla, com quatro adultos a bordo, sem ligar o ar-condicionado e mantendo uma média de 100km/h, o computador de bordo do jipinho registrou médias em torno de 15,6km/l. Na mesma viagem, o capacidade do porta-malas (de 320 litros) se mostrou limitada.

Por dentro, o Renegade na versão Longitude tem um bom acabamento e um espaço interno bem razoável, oferecendo conforto para quatro adultos e uma criança. Um dos destaques é o sistema multimídia Uconnect, com uma tela tátil de bom tamanho (de 8,4 polegadas), que possibilita uma boa visualização, e compatível com Android Auto e Apple Car Play.

O pacote de conforto de série ainda inclui itens interessantes, como o ar de duas zonas. Já a lista de segurança engloba Isofix para fixar cadeiras infantis e controles de tração e estabilidade, mas deixa de fora airbags laterais, de cortina e de joelhos, que são opcionais e custam R$ 3.880.

Principais equipamentos

Coluna de direção com regulagem em altura e distância, alarme, alertas de limite de velocidade e manutenção programada, ar-condicionado automático dual zone, bancos revestidos parcialmente em couro, comandos do sistema de áudio e Bluetooth no volante, computador de bordo, controles de estabilidade e tração, controle eletrônico anticapotamento, câmera de estacionamento traseira, entrada USB para os ocupantes do banco traseiro, controle eletrônico de velocidade em descidas (HDC), Hill start control, Sistema Isofix para fixar cadeiras infantis, luzes diurna (DRL), Panic break assist, controle automático de velocidade, porta-objetos sob o assento do banco do passageiro, quadro de instrumento TFT de 3,5 polegadas, rack do teto na cor preta, repetidor lateral nos retrovisores, seletor para quatro tipos de terreno, sensor de estacionamento traseiro, sistema de áudio com seis alto-falantes, USB e Bluetooth, multimídia com tela tátil de 8.4 polegadas, Apple Carplay e Android Auto e comando de voz; e volante com acabamento em couro.

Opcionais

Pack Safety (airbags laterais, de cortina e de joelhos para o motorista), R$ 3.880; Pack Protetion (protetor de Tanque de Combustível, para-barro dianteiro e traseiro, parafusos antifurto nas rodas e badge Jeep Authentic Accessories), R$ 1.190; Pack Landscape (estribo lateral e barras transversais), R$ 2.336; Pack Traveler (barras de teto, bagageiro de teto e estribos laterais), R$ 3.000; e Pack Outdoor (frios laterais, protetores de soleira e adesivo de capô), R$ 499.

Preço – R$ 127.990, sem os opcionais acima.

Ficha Técnica

• Motor – Dianteiro, quatro cilindros em linha, 1.956cm3 de cilindrada, turbodiesel, 16 válvulas, que gera 170cv de potência (a 3.750rpm) e 35,7kgfm de torque (a 1.750rpm)
• Transmissão – Tração 4x4 com reduzida e câmbio automático de nove marchas
• Suspensão – Dianteira, independente, do tipo McPherson, com braços oscilantes inferiores transversais; e traseira, com rodas independentes e links transversais
• Direção – Do tipo pinhão e cremalheira, com assistência elétrica
• Dimensões – Comprimento, 4,23m; largura, 1,80m; altura, 1,72m; e entre-eixos, 2,57m
• Freios – A disco nas quatro rodas, sendo ventilados na dianteira e sólidos na traseira
• Rodas e pneus – Rodas de liga leve de 18 polegadas, calçadas com pneus 225/55 R18
• Ângulos de ataque/saída – 30 graus/35 graus
• Porta-malas – 320 litros
• Tanque – 60 litros
• Peso (em ordem de marcha) – 1.641 quilos

Um jornal moderno, com a credibilidade e a leveza no jeito diferente de informar. Notícias, cultura, gastronomia, negócios, eventos e muito mais sobre um dos bairros mais charmosos de BH.

31 3264.0211 | 3286.1181

Edição Digital

Inscreva-se e receba o Jornal Belvedere em formato PDF.

Não mandaremos Spam!