BMW 540i M Sport, uma dose elegante de pimenta

Publicado Terça, 27 Fevereiro 2018 18:24
Performance: A grade dianteira tem sistema com válvula de ventilação ativa, que se fecha para melhorar a aerodinâmica © Foto: Eduardo Aquino Performance: A grade dianteira tem sistema com válvula de ventilação ativa, que se fecha para melhorar a aerodinâmica © Foto: Eduardo Aquino

Eduardo Aquino / Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Dirigir a versão mais completa da Série 5 que a BMW vende no Brasil, a 540i M Sport, foi uma experiência relaxante, apimentada e em sintonia com o que há de mais moderno na tecnologia automotiva, pois tudo nele é feito para auxiliar o motorista em sua tarefa de condução e para deixá-lo, junto com os passageiros, em conexão com o mundo.

A sétima geração do sedã executivo mais vendido no mundo – acumula cerca de 8 milhões de unidades vendidas desde o lançamento de sua primeira geração, em 1972 – é comercializada no Brasil em duas versões: a 530i M Sport e a 540i M Sport. As duas estão mais equipadas e com motores mais fortes, leves e eficientes em relação à geração anterior. A nova Série 5 passou por uma reformulação externa e interna e traz uma ampla gama de tecnologias de assistência ao condutor e um melhor padrão de conectividade.

Andamos na opção topo de linha, a 540i M Sport. Além da beleza das linhas, que juntam elegância e esportividade no mesmo pacote, os designers se preocuparam com detalhes que fazem a diferença na aerodinâmica, como usar a tradicional grade dianteira (em forma de duplo rim) para melhorar o coeficiente aerodinâmico do carro (obtendo valores abaixo de 0,22): quando o motor necessita de uma menor quantidade de ar de refrigeração, a válvula da Grade de Ventilação Ativa mantém-se automaticamente fechada.

O detalhe na grade dianteira faz parte da filosofia EfficientDynamics, um pacote de soluções da BMW (envolvendo a transmissão, a gestão de energia e a concepção geral do veículo) para reduzir consumo de combustível e aumentar simultaneamente o prazer de dirigir. Além da aerodinâmica, o consumo também é reduzido por meio da função Start/Stop, que desliga o motor durante as paradas (muito útil no trânsito urbano), e da utilização de mais alumínio e ligas de magnésio na construção do carro, o que resultou na redução de cerca de 100 quilos em relação à geração anterior.

O sistema Driving Experience Control possibilita que o motorista (por meio de um botão no painel) transforme o 540i M Sport em três tipos de carro: COMFORT, para uma direção mais relaxada e confortável; ECO PRO, para máxima efifiência em economia de combustível; e SPORT, para uma tocada mais apimentada. O sedã também ajuda o motorista em congestionamentos, trânsito lento e viagens longas, mantendo automaticamente uma distância segura do carro da frente, freando e acelerando quando necessário; e nas manobras de estacionamento em vagas paralelas e perpendiculares, com visão panorâmica 3D.

Para evitar que o motorista tire a visão da estrada, há o head-up display, que projeta no para-brisa informações como velocidade, indicações de navegação, entre outras. Em termos de conectividade, o sistema multimídia (leia-se BMW ConnectedDrive) é completo, e possibilita o espelhamento de smartphones, navegação, serviços de concierge (busca de restaurantes, farmácias etc.; envio de rotas para o GPS, informações de voo, reservas de hotéis, entre outros), por comando de voz ou por tela do tipo touchscreen no centro do painel. A mordomia é completada por um sistema de som (Harman Kardon) de altíssima fidelidade, com 600 W de potência.

Mas o bom mesmo do 540i M Sport é o acelerador. Como é gostoso sentir todo o vigor do motor 3.0 (são 340cv de potência e 45,9kgfm de torque, que surge logo aos 1.380rpm) em arrancadas e retomadas; como são eficientes os freios, com reduções de velocidades impressionantes; e como o carro transmite a sensação de segurança (o pacote é completíssimo, com aviso de saída de faixa, alerta de perigo de colisão, sistema de visão noturna, dispositivo que detecta a fadiga do motorista, entre outros). Em suma, o sedã paparica demais o motorista, mas não tira dele o prazer de dirigir.

Ficha Técnica

  • Motor – Dianteiro, longitudinal, seis cilindros, duplo turbo, 24V, 2.998cm3 de cilindrada, que gera potência de 340cv (entre 5.500rpm e 6.500rpm) e torque de 45,9kgfm (entre 1.380rpm a 5.200rpm)
  • Câmbio – Automático, de oito marchas, tração traseira
  • Suspensão – Na dianteira, dupla “A”; e na traseira, multilink
  • Freios – A disco ventilados nas quatro rodas
  • Direção – Com assistência elétrica
  • Rodas – De liga leve de 19 polegadas, calçadas com pneus 275/35 R19 na frente e 245/40 R19 atrás
  • Dimensões – Comprimento, 4,93m; largura, 1,86m; altura, 1,48m; e entre-eixos, 2,97m
  • Porta-malas – 530 litros
  • Tanque – 68 litros
  • Peso – 1.782 quilos
  • Aceleração de 0 a 100km/h – 5,1 segundos
  • Velocidade máxima – 250km/h, limitada eletronicamente
  • Principais equipamentos – BMW ConnectedDrive, Driving Assistant Plus (incluindo sistema Night Vision), Parking Assistant Plus, cortinas nas janelas e vidro traseiro, ar-condicionado de quatro zonas, Apple CarPlay, sistema de som Harman Kardon, câmera 360 graus, head-up display, controle automático de velocidade adaptativa, teto solar, bancos em couro e seletor de modos de condução
  • Preço – A partir de R$ 411.950

Um jornal moderno, com a credibilidade e a leveza no jeito diferente de informar. Notícias, cultura, gastronomia, negócios, eventos e muito mais sobre um dos bairros mais charmosos de BH.

31 3264.0211 | 3286.1181

Edição Digital

Inscreva-se e receba o Jornal Belvedere em formato PDF.

Não mandaremos Spam!