Carros autônomos: uma questão de tempo

Publicado Terça, 24 Abril 2018 18:36
Jaguar I-PACE: Por meio de uma projeto batizado de Waymo, a Google trabalha, em parceria com várias montadoras, no desenvolvimento de carros autônomos desde 2009. Este ano, a empresa fez uma parceria com a Jaguar para criar o primeiro veículo elétrico autônomo premium do mundo. Jaguar I-PACE: Por meio de uma projeto batizado de Waymo, a Google trabalha, em parceria com várias montadoras, no desenvolvimento de carros autônomos desde 2009. Este ano, a empresa fez uma parceria com a Jaguar para criar o primeiro veículo elétrico autônomo premium do mundo.

Mesmo com muita polêmica, veículos que podem rodar sem a interferência de um motorista já são uma realidade em ruas, avenidas e estradas de muitos paises.

Os chamados carros autônomos, que são aqueles veículos que podem rodar sem a interferência de um motorista, já são uma realidade em muitas ruas, avenidas e estradas dos Estados Unidos, Europa e Japão. Para realizarem sozinhos a tarefa de dirigir, eles lançam mão de várias tecnologias para detectar seus arredores, como radar, laser, GPS, odometria e visão computacional. Sistemas avançados de controle interpretam informações sensoriais para identificar caminhos de navegação apropriados, bem como obstáculos e sinalização relevante.

Embora os principais objetivos dos carros autônomos sejam proporcionar maior conforto para os ocupantes do veículo (aliviando os viajantes das tarefas de direção e navegação) e trazer maior mobilidade e mais segurança para o trânsito de uma forma geral, reduzindo o número de acidentes, os testes em vias públicas vêm provocando uma discussão em todo o mundo devido aos acidentes, chegando a ser até polêmico. O último que se tem notícia foi em março deste ano, em uma estrada na Califórnia, onde um Tesla Model X colidiu com uma barreira numa autoestrada, matando o potencial motorista.

A causa do acidente, que é alvo de investigação por parte do National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA), orgão que cuida da segurança no trânsito nos EUA, ainda não foi revelada, mas a discussão ganhou o cenário mundial no setor automotivo. Na maioria dos debates, os especialistas apontam que o carro autônomo ainda precisa de um maior desenvolvimento, principalmente na questão da segurança. Mas apontam também que o carro autônomo é um caminho sem volta, ou seja, ele se tornará uma realidade em vários países do mundo num futuro não tão distante.

Tipos de autônomos

A SAE International, organização responsável pelos estudos em engenharia automobilística e indústrias montadoras de automóveis, desenvolveu um sistema para definir os carros autônomos:

  • Nível 0 - sem automação – Os condutores assumem todos os aspectos da condução, mesmo quando são assistidos por sistemas de alerta ou intervenção.
  • Nível 1 - assistência ao motorista – Usando informações sobre o ambiente de condução, um sistema de assistência ao motorista dirige ou acelera e desacelera os carros de uma maneira específica, com a expectativa de que os motoristas executem todos os outros aspectos da condução dinâmica.
  • Nível 2 - automação parcial – Usando informações sobre o ambiente de direção, um ou mais sistemas de assistência ao motorista executam a direção e a aceleração/desaceleração de uma maneira específica, com a expectativa de que os motoristas executem todos os aspectos restantes da condução dinâmica.
  • Nível 3 - automação condicional – Um sistema de condução automatizada compromete todos os aspectos do modo de condução dinâmica, com a expectativa de que o motorista responda adequadamente aos pedidos de intervenção.
  • Nível 4 - alta automação – Um sistema de condução automatizada assume todos os aspectos do modo de condução dinâmica, especificamente, mesmo que os condutores não respondam adequadamente aos pedidos de intervenção.
  • Nível 5 - automação total – Um sistema de condução automatizada compromete todos os aspectos da condução dinâmica ao longo de uma condução, em todas as condições rodoviárias e ambientais que os condutores podem gerir.

Um jornal moderno, com a credibilidade e a leveza no jeito diferente de informar. Notícias, cultura, gastronomia, negócios, eventos e muito mais sobre um dos bairros mais charmosos de BH.

31 3264.0211 | 3286.1181

Edição Digital

Inscreva-se e receba o Jornal Belvedere em formato PDF.

Não mandaremos Spam!