O Cavalo Selvagem é pura curtição

Publicado Quarta, 26 Setembro 2018 14:43
Selvagem: Na frente, os faróis totalmente em LED que acentuam o “olhar esportivo” do Mustangão © Fotos: Divulgação/Eduardo Aquino Selvagem: Na frente, os faróis totalmente em LED que acentuam o “olhar esportivo” do Mustangão © Fotos: Divulgação/Eduardo Aquino

Após mais de duas décadas da primeira tentativa de trazê-lo, a Ford resolveu importar oficialmente um dos maiores ícones americanos do mundo dos esportivos: o Mustang. Andamos na única versão disponível para o mercado brasileiro, equipada com o moderno motor V8 5.0, que despeja nas rodas traseira 466cv de potência e 56,7kgfm de torque e faz uma boa parceria com o câmbio automático de dez marchas.

A reestilização conseguiu dar ao novo Mustang um toque de modernidade, sem perder a identidade visual que o consagra desde a primeira geração, em 1964. Na frente, chama a atenção os vários recortes, os faróis totalmente em LED que acentuam o “olhar esportivo” do Mustangão, a grade com o famoso cavalo em disparada, a estilosa tomada de ar inferior e os indicadores de direção formando uma linha de LEDs na horizontal. Destaque também para as lanternas traseiras em LED e as bonitas rodas de liga na cor preta, que deixam à mostra as enormes pinças e discos de freio.

 O novo interior faz uso abundante de couro e da cor preta, misturando acabamento metálicos no painel, console e volante, que é de três raios, tem ótima pega, abriga diversos comandos e possibilita uma boa visualização do quadro de instrumentos digital, que pode ser configurado ao gosto do motorista. Também merecem elogios o sistema multimídia Sync 3 da Ford, com interface com Android e Carplay, comando de voz, GPS e o melhor: fácil de operar. Como convém a um bom esportivo, o sistema de som (Shaker Pro, de 390 Watts, 12 alto-falantes e subwoofer) é fantástico.

Em termos de espaço, o conforto fica apenas para os ocupantes dos bancos dianteiros. No banco traseiro, o espaço é muito reduzido, mas dá para levar dois filhos pequenos com conforto e segurança, pois tem sistema Isofix para fixar cadeiras infantis. Por outro lado, ficamos surpresos com o espaço do porta-malas, que, com seus 382 litros de capacidade, comporta bem a bagagem de uma viagem curta.

Mas a diversão começa mesmo é quando se aciona o botão de partida do V8 5.0. A adrenalina sobe com os giros e o desejo de cravar o pé no acelerador é imediato. Além do ronco, regido pelas válvulas eletrônicas do escape duplo e soando como música para os ouvidos, o motor do Mustang também respira modernidade e eficiência, proporcionada pelos comandos variáveis no cabeçote (sendo um para admissão e outro para exaustão) e pelos sistemas de injeção direta (na câmara de combustão) e indireta (no coletor de admissão). Na prática, ele pode ser muito nervoso (0 a 100km/h em menos de cinco segundos) ou muito suave.

E a diversão continua ao gosto do “piloto” (no Mustang, você se sente assim), que pode escolher (por meio de um botão no console central) entre setes modos de condução: Normal, Esportivo, Esportivo +, Pista, Drag, Neve e Individual (nesse modo, o piloto personaliza câmbio, acelerador, freios ABS, controle de estabilidade, suspensão e escapamento). Para esquentar ainda mais a brincadeira, existe o Line Lock, um sistema que ativa os freios dianteiros para esquentar os pneus traseiros, soltando aquela fumaça que faz a galera vibrar.

A suspensão é um capítulo à parte, pois ela também se adapta ao que o motorista quer. Por exemplo, no modo Normal ela é incrivelmente suave para um esportivo do porte do Mustang. A construção traseira do tipo “multibraços” e o uso de amortecedores inteligentes (MagneRide), que, por meio de sensores, são capazes de se adaptar imediatamente às condições do piso. A assistência elétrica também mostrou que está bem calibrada para as altas velocidades, mas mantendo a suavidade necessária para manobrar o “cavalo selvagem” naquelas vagas apertadas.

Ficha Técnica

Motor – Dianteiro, longitudinal, oito cilindros em “V”, 5.0, 32 válvulas, comando duplo variável, injeção direta e indireta, que gera potência de 466cv (a 7.000rpm) e torque de 56,7kgfm (a 4.600rpm)

Câmbio – Tração traseira, câmbio automático de dez velocidades

Direção – Assistência elétrica

Suspensão – Dianteira, independente, do tipo McPherson; e traseira, independente, do tipo multilink

Freios – A disco ventilados nas quatro rodas,

Rodas e pneus – De liga de 19 polegadas, calçadas com pneus 255/40 R19 na dianteira e 275/40 R19 na traseira

Dimensões – Comprimento, 4,79m; largura, 1,91m; altura, 1,38m; e entre-eixos, 2,72m

Tanque – 60,5 litros

Porta-malas – 382 litros

Peso – 1.738 quilos

Preço – R$ 299.900

Um jornal moderno, com a credibilidade e a leveza no jeito diferente de informar. Notícias, cultura, gastronomia, negócios, eventos e muito mais sobre um dos bairros mais charmosos de BH.

31 3264.0211 | 3286.1181

Edição Digital

Inscreva-se e receba o Jornal Belvedere em formato PDF.

Não mandaremos Spam!