Em busca de um Projeto Brasil na Câmara Federal

Publicado Sexta, 11 Janeiro 2019 12:04
Lucas Gonzalez: Eleito com 64.022 votos © Foto: Divulgação Lucas Gonzalez: Eleito com 64.022 votos © Foto: Divulgação

Eleito Deputado Federal nas últimas eleições, Lucas Gonzalez quer trabalhar pelo fim dos privilégios, por maior responsabilidade fiscal, pela redução da carga tributária e burocracia, como também por uma educação moderna.

Ele é formado em Direito pela Faculdade Milton Campos, mas dedicou a sua vida profissional na área de gestão, ao começar a trabalhar aos 18 anos na Transpes, empresa fundada por seus avós em 1966. Lucas de Vasconcelos Gonzalez foi eleito a Deputado Federal partido Novo com 64.022 votos e assume o seu primeiro mandato no próximo dia 1º de fevereiro. Morador do Vila da Serra, o advogado e executivo que acostumou com a responsabilidade empresarial desde jovem, está disposto a se dedicar ao mandato na Câmara Federal com a motivação de “lutar por causas que irão beneficiar o Brasil e não à uma classe, ou segmento de pessoas. Não precisamos de projetos de poder, mas sim de um Projeto de Brasil!”. 

O JORNAL BELVEDERE ouviu o novo representante de Minas na Câmara Federal. Conheça um pouco do pensamento de Lucas Gonzalez.

JORNAL BELVEDERE - Lucas Gonzalez, você é empresário bem-sucedido, administrador de uma empresa familiar que agora em janeiro deixa para trás a gestão empresarial para se dedicar à política, como Deputado Federal. O que te motivou a seguir a carreira política? Como você vê essa mudança em sua vida?
LUCAS GONZALEZ - Uma grande mudança. Há 11 anos estou na iniciativa privada, empresa familiar, consolidada. Agora, a partir deste ano, vou me dedicar à vida pública como Deputado Federal por Minas. Acredito que vários fatores me motivaram, mas, os principais, a falta de representatividade política, ou seja, a carência de políticos que nos inspirem como homens públicos. O combate a corrupção. E também o fato de ter encontrado no Novo uma “casa segura” para empreender tal jornada, um partido sólido em seus princípios e valores!

JB - Você foi um dos dois deputados eleitos em Minas pelo Partido Novo, com 64.022 votos. Foi uma surpresa para você a sua votação nas urnas?
LG - Desde que propus ser candidato pensei comigo mesmo “se é pra ir, é pra ganhar”. Iniciei meu trabalho, muito trabalho e mais trabalho. Foi uma votação excelente para minha primeira eleição e talvez teria conseguido até mais alguns votos se não tivesse falhado em algumas estratégias. Atribuo essa votação à fé em Deus, trabalho da minha equipe e aos milhares de apoiadores em todo Estado que colaboraram de forma voluntária neste projeto! Acredito ter acertado na estratégia, fui direto às pessoas, sem “dobradas”, sem interferência da política municipal, sem “troca troca”. Com muita humildade, empenho e verdade conquistamos esses 64.022 votos!

JB - Como será seu trabalho em Brasília?
LG - Quero fazer um trabalho sério, coeso com valores e princípios que acredito, e muito transparente. Além de lutar por causas que irão beneficiar o Brasil e não à uma classe, ou segmento de pessoas. Não precisamos de projetos de poder, mas sim de um Projeto de Brasil! O combate à corrupção, a luta pelo fim dos privilégios, a responsabilidade fiscal, redução da carga tributária e burocracia para retomarmos crescimento econômico, uma educação moderna que permita ao jovem um 1º emprego de qualidade, e trabalhar para uma melhor infraestrutura no nosso País são temas que pretendo atuar.

JB - O seu partido, o NOVO, nasceu pregando ser um partido diferente, com candidatos ficha limpa, contra a utilização do fundo partidário, da limitação ao “carreirismo político”, etc. Como você vê isso e como pretende atuar em Brasília?
LG - Todo meu mandato será também modelado pelos princípios e valores do Novo os quais concordo e por isso sou Novo. De fato, o Novo é bem diferente dos demais partidos políticos, por exemplo, somos o único que não usa o dinheiro público para se financiar. Acredito que o Novo irá atrair pessoas boas, competentes, sérias para a política bem como gerar uma reflexão nos demais partidos. Reflexão essa que será gerada pela nossa conduta exemplar, a mudança se faz pelo exemplo!

JB - Na sua opinião, o que pode ser feito para mudar o modelo do Estado, diminuindo gastos e impostos? O que o governo precisa fazer para isso acontecer?
LG - Um deputado federal tem direito à 25 assessores. Será que são necessários tantos cargos “de confiança” no Governo? Será que nas estatais são necessárias tantas diretorias e gerencias? Temos um Estado extremamente inchado. O custo com pessoas consome boa parte da arrecadação financeira do Estado o que impede investimentos maiores em áreas tão importantes como educação, saúde, segurança! Somos oito deputados federais pelo Novo e, sozinhos, devemos economizar quase R$ 8 milhões por ano. Se todos os deputados fizessem isso teríamos uma economia de R$ 513 milhões no ano. Com este valor conseguimos melhorar a educação, saúde e segurança de muitas pessoas.

JB - Qual é sua relação com o atual governador eleito, Romeu Zema?
LG - Ótima, ao longo dos últimos 12 meses tive a oportunidade de conhecer melhor o Romeu, hoje nosso governador! Homem com uma linda história, de trabalho, empreendedorismo e sucesso! Ao mesmo tempo simples, acessível, e muito disposto a colocar Minas Gerais novamente em um lugar de destaque.

JB - Como você acha que ele vai governar Minas, diante da atual situação financeira em que se encontra o Estado?  
LG - O governador está montando uma equipe técnica, preparada e competente para atuar nesta situação extremamente delicada. De imediato, a drástica redução dos cargos em comissão (de 9 mil para aproximadamente 3 mil), a renegociação da dívida do Estado com a União e outras medidas que poderão, aos poucos, colocar Minas Gerais nos trilhos da responsabilidade fiscal novamente. É lamentável hoje saber que somos o Estado mais endividado do Brasil, fruto de uma péssima e irresponsável gestão nos últimos anos.

Um jornal moderno, com a credibilidade e a leveza no jeito diferente de informar. Notícias, cultura, gastronomia, negócios, eventos e muito mais sobre um dos bairros mais charmosos de BH.

31 3264.0211 | 3286.1181

Edição Digital

Inscreva-se e receba o Jornal Belvedere em formato PDF.

Não mandaremos Spam!