Projeto de Lei 1776/19, em tramitação na Câmara de Nova Lima, foi debatido com moradores de várias regiões do município que expressaram o desejo de ter regularizado em cartório suas construções. Além de apoiarem o PL, representantes de associações de moradores, vereadores, CREA e entidades de classe apontam que aprovação do projeto pode aquecer a economia na cidade e garantir direitos à população.

Publicado em Cidade
Com o objetivo de estar mais próximo das comunidades para ouvir e buscar soluções para as demandas dos cidadãos, a Câmara Municipal de Nova Lima realizou uma reunião no último dia 3 de maio, na Fundação Dom Cabral com moradores e representantes da Associação Geral Alphaville Lagoa dos Ingleses
Publicado em Cidade
Terça, 12 Março 2019 19:40

Copasa vai ampliar ETE Vale do Sereno

Com o novo projeto, a unidade passará a ter uma capacidade para tratar até 75 litros de esgoto por segundo. A empresa explica que, com as intervenções que serão executadas na ETE, também será ampliado o processo de remoção de odor. A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) informou que até o dia 30 de junho deste ano a obra de ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto – ETE Vale do Sereno será licitada. Segundo a empresa, de acordo com o projeto, em elaboração, a unidade passará a ter uma capacidade para tratar até 75 litros de esgoto por segundo. Atualmente, o esgoto gerado pelos cerca de 18 mil habitantes da região, 33 litros de esgoto por segundo são tratados na ETE Vale do Sereno e outros 24 litros por segundo são encaminhados para tratamento na ETE Arrudas, em Belo Horizonte. Projetada, inicialmente, com capacidade para tratar 23 litros de esgoto por segundo, a ETE ficou saturada com o crescimento populacional da região. Outro fator impactante é o mau cheiro que persiste e que obriga moradores a conviver com um odor insuportável, causando grande desconforto para a população no entorno e por usuários da rodovia MG030 naquele trecho. A Copasa esclareceu que entre as intervenções que serão executadas na unidade, também será ampliado o processo de remoção de odor. A previsão é de que as obras sejam concluídas em 12 meses, após o encerramento do processo licitatório. Segundo informou Davide Araújo Bichara Simão, Superintendente de Operação de Serviços e Tratamento de Efluentes da Copasa, o volume de esgoto aumentou “devido à utilização de água pelas residências para lavar pátio, garagem, passeios e outros. A água é descartada na rede coletora da Copasa e aumenta o volume, o que prejudica a manutenção da ETE”, disse ele. Ainda segundo Davide, essa obra de duplicação da capacidade de tratamento dos efluentes irá solucionar um outro problema, que é o lançamento de esgoto em um córrego na região. “O esgoto receberá tratamento condizente com o nível de classificação do córrego onde será despejado, ou seja, será devolvida água limpa”. Fórum defende expansão de Estação de Fechos Importantes setores econômicos, políticos, ambientais e sociais apoiaram, publicamente, a expansão da Estação Ecológica de Fechos (EEF) no último dia 27 de fevereiro. As declarações foram feitas durante o Fórum Intermediário do Projeto Hidroambiental “Fechos, Eu Cuido!” que ocorreu na Escola do Legislativo da ALMG e reuniu mais de 100 pessoas. O Fórum foi uma realização do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas (CBH Rio das Velhas) e Subcomitê de Bacia Hidrográfica Águas da Moeda (SCBH Águas da Moeda). O objetivo foi discutir a preservação e a expansão da Estação Ecológica de Fechos a partir do Projeto de Lei nº 444/2015 em tramitação na ALMG. A EEF possui 602,95 hectares e ganharia outros 269,5 hectares com a aprovação do PL (atualmente arquivado na Casa Legislativa). A justificativa está na relevância da EEF ao abrigar cursos d’água que abastecem 135 mil habitantes de Nova Lima e Belo Horizonte atualmente, além de diversas espécies de fauna e flora ameaçadas.. Apesar de toda a sua riqueza natural, a Estação Ecológica de Fechos sofre ameaças externas que impactam na sua preservação. A expansão urbana no entorno, por exemplo, cresceu 313% e, a atividade de mineração, 159%, nos últimos 25 anos, segundo pesquisa científica da Engenheira Ambiental especialista em Geoprocessamento, Manejo de florestas nativas e Gerenciamento de projetos, Luciana Eler França. Texto extraído do Boletim Informativo do Projeto “Fechos, Eu Cuido!” de autoria da jornalista Míriam A. S. Almeida.
Publicado em Meio Ambiente
O Condomínio Villa Alpina e a Associação Para Proteção Ambiental do Vale do Mutuca (PROMUTUCA) realizam no próximo dia 23 de março, das 10 às 15 horas, mais uma Feira de Adoção de Cães. São animais adultos, castrados, vermifugados e vacinados à espera de um novo lar. Os interessados na adoção precisam ser maiores de 21 anos, apresentar um documento de identidade, com foto, um comprovante de moradia, assinar um termo de adoção e pagar uma pequena taxa no valor de R$ 20,00. A feira terá lugar no Centro de Convivência do Residencial Villa Alpina. O evento conta com uma extensa programação como apresentação de cães da raça Border Collie, palestra com o adestrador Sidney da Silva, que vai demonstrar técnicas de comando e obediência, como caminhar corretamente com o cão e evitar brigas, dicas de educação de filhotes e cães adultos, entre outros. Outras palestras estão previstas com o veterinário Marcio Magno sobre a importância da castração de cães, gatos e zoonoses, e com a empresária Alessandra Apontes, sobre dicas e cuidados sobre higiene dos animais, e sobre alimentação canina. Haverá também sorteio de pingentes para identificação de animais e de um banho e tosa e distribuição de rações e brindes para os pets. E, para os donos dos animais, a feira será movimentada com a presença de um food truck com comidas e bebidas para todos. Maiores informações na Promutuca, pelo telefone: (31) 3581-1166
Publicado em Cidade

A 3ª Câmara Cívil do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais rejeitou a preliminar e negou provimento ao recurso do Agravo de Instrumento, interposto pelo Município de Nova Lima contra a decisão de suspender a exigibilidade de ato normativo aprovado em decorrência do projeto de Lei 1676/2017, de reajuste do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). 

Publicado em Cidade
Quinta, 24 Janeiro 2019 17:44

A vez do pedestre na Luiz Paulo Franco

Reivindicação antiga dos moradores, BHTrans atende solicitação da Associação de Amigos do Bairro Belvedere (AABB) e instala conjunto semafórico na Avenida Luiz Paulo Franco, beneficiando os transeuntes. 

Publicado em Cidade

A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) vai oferecer benefícios fiscais para as empresas de inovação e tecnologia que se instalarem na cidade.

Publicado em Cidade

Objeto de amplo debate na Câmara Municipal, projeto que cria novas regras para a venda de animais domésticos foi vetado pelo prefeito Alexandre Kalil, no último dia 16 de janeiro.

Publicado em Política
Quinta, 24 Janeiro 2019 16:42

TJMG anuncia obra de fórum em Nova Lima

Prédio está orçado em 20 milhões. Previsão de entrega é dezembro de 2020.

Publicado em Cidade

Motoristas desrespeitam à sinalização horizontal no encontro da Rua Ministro Orozimbo Nonato com a Trincheira, causando muitos transtornos no trânsito na região. Prefeitura de Nova Lima tem acompanhado a situação e garante que esses problemas são temporários. Intervenções estão sendo realizadas na região para ordenar o trânsito. Os trabalhos prosseguem até o final do ano.

Publicado em Cidade
Página 1 de 9

Um jornal moderno, com a credibilidade e a leveza no jeito diferente de informar. Notícias, cultura, gastronomia, negócios, eventos e muito mais sobre um dos bairros mais charmosos de BH.

31 3264.0211 | 3286.1181

Edição Digital

Inscreva-se e receba o Jornal Belvedere em formato PDF.

Não mandaremos Spam!