Camboja, Laos e Vietnã

Publicado Quarta, 11 Julho 2018 13:19
Templo de Angkor: Testemunho da maior civilização do sudeste Asiático foi construída como uma réplica do universo na tradição hindu. © Foto: divulgação / Wikipédia.com Templo de Angkor: Testemunho da maior civilização do sudeste Asiático foi construída como uma réplica do universo na tradição hindu. © Foto: divulgação / Wikipédia.com

Paulo Queiroga / Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Um roteiro de 20 dias para ter conhecimento do exotismo e da religiosidade no Sudeste da Ásia

O Sudeste Asiático engloba 11 países, cada qual mais exótico e fascinante. Neste roteiro conhecemos o Camboja, Laos e Vietnã. Saindo de São Paulo, com uma escala de três horas e meia em Dubai, desembarcamos na capital do Camboja, Phnom Penh.  A cidade é conhecida como a Pérola da Ásia.

Após uma noite de sono pesado, para adaptar às 10 horas de diferença de fuso horário, partimos, pela manhã, para um passeio pelo bairro francês da cidade. Uma elegante harmonização da arquitetura asiática com o estilo colonial francês. A cidade com avenidas amplas e arborizadas reflete a riqueza e a glória do período em que a França explorou o país como uma das suas colônias, inclusive na arquitetura do Palácio Real. O teto do pagode de prata (Wat Prakeo) no interior do palácio, que significa tempo de Buda de Esmeralda, é coberto com mais de 5.000 telhas de prata. No seu interior, uma coleção de Budas de ouro, prata, cristal e bronze.

Visitamos o Museu Nacional, que exibe uma coleção com milhares de artefatos da antiga arte Kmer e o Museu do Genocídio, com uma estética um pouco tétrica, mas importante para se conhecer a história do Camboja.

No dia seguinte, partimos em um voo de uma hora para Siem Reap. Visitamos o Portão Sul de Angkor Thom, capital de Angkor até o Século XV, o Palácio Real, poderoso centro administrativo do Império Khmer, o Terraço dos Elefantes e uma fascinante aldeia flutuante.

O templo de Ta Prohm, construído no Século XII, envolto às gigantescas árvores e raízes espessas preserva a forma como essas ruínas foram encontradas pelos arqueólogos. As ruínas da cidade-templo de Angkor, testemunho da maior civilização do sudeste Asiático foi construída como uma réplica do universo na tradição hindu.

As cinco torres de Angkor Wat erguem-se no céu, como um arranjo geométrico de numerosas galerias, adornadas de crenças e de imagens em pedra de dançarinos celestiais. Algumas mulheres que estavam em nosso grupo tiveram de cobrir os ombros e os braços, exigência de caráter religioso, comum em todos os países do Sudeste Asiático, quando se entra nos templos budistas.

Laos

Desembarcamos no Laos, em Luang Prabang, a cidade mais preservada do sudeste asiático, de acordo com a Unesco. A cidade tem uma atmosfera serena rodeada por montanhas e um conjunto de templos construídos antes da ocupação francesa.

Como nos demais países do Sudeste Asiático, o tradicional ritual de refeição oferecido aos monges nos faz acordar ante do nascer do Sol. Uma cerimônia silenciosa, em que os monges saem às ruas para receberem da população sua única refeição e emanarem bons fluidos aos doadores.

Um voo de 45 minutos nos leva à Vientiane, capital do Laos. Uma cidade plana, com telhados coloridos de vermelho, verde, azul, repleta de templos budistas, parques e uma economia vibrante, resultado de altos investimentos estrangeiros. O Talat São Market é um labirinto de barracas vendendo de tudo, em especial, os sarongs e outras tecelagens de seda.

Hanoi, no Vietnan

Após um banho de 1.800 anos de cultura no Laos, chagamos a Hanoi, no Vietnan. A cidade, que sofreu ocupações estrangeiras em toda a sua história, foi habitada, desde, no mínimo, há 3.000 anos.

No passeio, por Hanoi, vê-se de tudo. Desde visita aos templos budistas, o Mausoléu da Ho Chi Minh, o museu de etnologia, fazem um pacote inesquecível de cultura e história.

De Hanoi, partimos num cruzeiro de duas noites nas águas tranquilas da baia de Halong, patrimônio da UNESCO, uma das principais maravilhas do continente asiático.

Saigon, ou Ho Chi Minh, é considerada a mais bela cidade do Vietnã. Seus majestosos teatros e hotéis e até a Catedral de Notre Dame, marcam o período em que a França dominou toda a Indochina.

Este roteiro pode ser realizado em 20 dias de encantamento pelo exótico Sudeste da Ásia.

Um jornal moderno, com a credibilidade e a leveza no jeito diferente de informar. Notícias, cultura, gastronomia, negócios, eventos e muito mais sobre um dos bairros mais charmosos de BH.

31 3264.0211 | 3286.1181

Edição Digital

Inscreva-se e receba o Jornal Belvedere em formato PDF.

Não mandaremos Spam!